Novo partido político da Inglaterra leva o nome “Cannabis é mais Segura que Álcool”

WAW

hempadao 28 fevereiro, 2015

Um novo partido político está planejando conseguir um total de 100 candidatos nas eleições gerais  inglesas para colocar em pauta central a questão da legalização da maconha.

Cista – Cannabis is Safer than Alcohol (Cannabis é mais Segura que o Álcool) – é inspirado pela legalização da droga em alguns estados dos EUA. Candidato do partido à eleição, dentre ouros, Paul Birch, é co-fundador da Bebo antes de ser vendida à AOL em 2008 e diz que está investindo mais de 100.000 libras esterlinas na nova aventura política.

 

Outros candidatos pelo Reino Unido serão nomeados; essa semana o partido disse que Shane O’Donnell, um ex-ativista do Partido Conservador, vai ser contra Keir Starmer do Partido Trabalhista e Natalie Bennett, líder do Green Party na London Constituency of Holborn an St Pancras.

De acordo com a pesquisa da YouGov comissionada pelo Cista e fornecida ao The Guardian, 44% dos eleitores apoia a legalização da cannabis contra 42% contra (e 14% indecisos).

Os dois principais partidos que têm mais a perder eleitores que podem optar pelo Cista são o Greens, que apoia a descriminalização, e o Liberal Democrats, que vem buscando a descriminalização de todas as drogas para uso pessoal e a permissão da venda de cannabis no mercado aberto.

No entanto, o partido de Birch tomou uma decisão política de não concorrer em Brighton, onde Caroline Lucas do Green party estará defendendo sua reeleição, e em eleitorados com membros do parlamento apoiadores dos Liberais Democratas. A decisão foi tomada depois que Julian Huppert, Liberal Democrata membro do parlamento e um dos mais visíveis advogados em favor da descriminalização das drogas, levantou a hipótese de um candidato do Cista estar contra ele.

Birch falou que outros partidos ficaram envergonhados de falar sobre o assunto. “Na falta desse partido em formação, eu duvido que isso seria um assunto abordado nas eleições. Os Greens são os mais explícitos, mas até eles não fazem disso um assunto importante.”

"Com o que tem acontecido nos estados dos EUA, agora parece que estamos mais perto. É como se fosse o último empurrão e está no tempo certo."

Birch também falou que, de acordo com a mesma pesquisa feita pela YouGov, caminhos paralelos aos da legalização nos EUA estavam por trás de tudo, mostrando que 18% das pessoas acreditavam que a cannabis era mais segura que o álcool, enquanto mais da metade achou que eram a mesma coisa em termos de segurança.

Ele disse: "No Colorado [um dos primeiros estados a legalizar o uso recreativo e venda da maconha] a base da campanha deles era justapor a cannabis e o álcool. Eles sabiam que uma vez que mostrassem às pessoas que a maconha era mais segura, as pessoas ficariam felizes em legalizá-la."

Sobretudo, Birch tem fé que o público vai lidar melhor com a ideia em maiores números como resultado de estarem ainda mais informados. Sobre a experiência recentemente vivida por Jon Snow do Channel 4, na qual ele usou grande quantidade de skunk e sentiu "como se sua alma tivesse sido arrancada de seu corpo", Birch disse que isso foi como forçar uma pessoa que nunca bebeu a ingerir uma garrafa de moonshine. Em uma indústria regulada, ele argumentou, os riscos aos consumidores poderão ser consideravelmente reduzidos.

Os candidatos do Cista farão campanha por uma comissão real para revisão das leis de drogas relacionadas à cannabis – um objetivo relativamente modesto de início calibrado para maximizar seu apelo. Eles também vão usar o argumento econômico para a legalização, cujo partido afirma que poderia render ao tesouro nacional alg como 900mil libras se a cannabis fosse legalizada e controlada.

O partido, que é firme ao estabelecer-se com perfil profissional em contraste a tentativas anteriores de destacar a causa da descriminalização, está inscrevendo membros e candidatos através de formulários online. Estão ansiosos para deixar estereótipos para trás e, particularmente, encorajar as mulheres a se envolverem.

Cinco candidatos, incluindo Birch, estão inscritos para concorrerem às eleições em 7 de maio e, enquanto isso, ele e sua equipe viajarão pelo Reino Unido à procura de outros candidatos que eles esperam que inclua acadêmicos, ativistas, estudantes e pessoas que trabalham ou já trabalharam no sistema da justiça criminal.

Leia a matéria original AQUI



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina