Nova York entra no mapa da maconha medicinal

Hemportagem

hempadao 6 janeiro, 2016

Nesta quinta-feira (7), começa a valer a lei que autoriza a produção e comércio de maconha para fins medicinais em Nova York. Agora, 23 estados dos EUA permitem que pacientes possam aproveitar os benefícios terapêuticos desta poderosa planta. 

Embora a Assembleia Estadual de Nova York tenha aprovado o texto legislativo há 18 meses, as cinco empresas escolhidas para cultivar e vender maconha para uso terapêutico foram nomeadas no final de julho. Uma diferença importante é que lá o produto oferecido não será a erva para fumar, mas pílulas ou em forma de óleos. 

Neste primeiro momento o estado de Nova York vai contar com 25 farmácias autorizadas a comercializar maconha. Infelizmente, por questões burocráticas, elas estarão fechadas neste primeiro dia legalized, mas o cadastro de pacientes começou no dia 23 de dezembro. 

Segundo Nicholas Vita, diretor-geral da Columbia Care, uma das empresas escolhidas para cultivar, entre 0,5 e 1,5% da população do estado de Nova York, cerca de 100.000 e 300.000 pessoas, podem ser autorizadas a comprar esta maconha medicinal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina