NO REINO UNIDO: Parlamento debate a legalização da Maconha! (ShaureaWorldwide#3)

WAW

hempadao 15 setembro, 2015

traduzido e adaptado por Bruno Parisotto

Em resposta a uma petição pública (abaixo-assinado) exigindo que o Reino Unido revogue a proibição, o Parlamento anunciou que a questão da legalização da maconha vai para debate no começo do próximo mês.

Relatórios indicam que a Câmara dos Comuns (equivalente a Câmara dos Deputados no Brasil) agendou para discutir a possibilidade da legalização da indústria da Cannabis por todo o País em 12 de Outubro. Essa discussão é esperada para cobrir uma ampla variedade de tópicos desde como lidar com o cultivo e a venda de maconha para determinar a quantidade apropriada de posse para uso pessoal.

Este debate, que vai ser inspecionado por um Membro do Parlamento do Partido Trabalhista e apoiador de longa data da legalização da maconha medicinal Paul Flynn, que soprou uma legião de ativistas internacionais da maconha quando conseguiu coletar com sucesso mais de 150 mil assinaturas a favor da legalização da maconha em poucos dias.

Sua petição parlamentar foi simples. Sugeriu que a legalização da substância que foi proibida em todo Pais por volta de 1925 poderia gerar milhões de dólares em arrecadações de impostos e criar milhares de novos empregos.

Contudo ninguém sabe o que exatamente esperar do decorrer de um apelo tão bem sucedido pelo site de petições do Parlamento, essa vitória teve todo mundo ajoelhado esperando por uma resposta oficial.

Infelizmente, o governo do Reino Unido reagiu de maneira típica proibitória, argumentando o que parecia ser um capitulo do livre Reefer Madness da Casa Branca.

“Evidências cientificas significantes mostram que a Cannabis é uma droga prejudicial que pode danificar a saúde humana,” responde o governo. “Não existem planos para legalizar a Cannabis uma vez que isso não resolveria os danos entre os individuais e as comunidades.”

Enquanto o Parlamento é obrigado a debater o assunto, não existem muitas chances de que será levado a sério. Ano passado, a discussão da reforma de drogas ocorreu em Agosto, e apenas 21 dos mais de 600 Parlamentares se importaram o suficiente para aparecer. Por essa razão o principal grupo de reforma da maconha, Clear UK, esta pedindo aos cidadãos que escrevam para os seus deputados e incentivem-nos a participarem.

Entretanto, a Aliança dos Pacientes Unidos (United Patients Alliance), uma organização de lobby do Reino Unido para a legalização da maconha medicinal, espera pelo menos convencer a Câmara dos Comuns (House of Commons) a ficaram do seu lado na missão.

“Nós incentivamos todos os nossos deputados para participarem de um debate informado, prático, baseado em evidências, compassivo resultando no mínimo em permitir que as pessoas doentes, melhorem sua qualidade de vida com uma medicação eficaz e legítima, sem medo da criminalização,” disse Jon Liebling, diretor politico da UPA (United Patients Alliance).

Apesar do obvio apoio do povo para o fim da proibição, o Reino Unido tem trabalhado duro para impor punições severas aos “infratores” ao longo dos últimos anos. Algumas dessas punições rivalizam com as punições mais rigorosas dos Estados Unidos. Posse de maconha pode levar uma pessoa à cadeia por cinco anos, enquanto a distribuição vem com um máximo de quase 15 anos por trás das grades.

O debate parlamentar sobre a legalização da maconha vai ser transmitido ao vivo na segunda, 12 de Outubro. Você pode assisti-lo aqui: http://parliamentlive.tv/Commons

Texto original de Mike Adams, HIGHTIMES.COM. “High Times”. URL:

http://www.hightimes.com/read/uk-parliament-debate-marijuana-legalization



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina