Na Nova Zelândia, Maconha sintética mata 8 em apenas um mês!

WeedNews

hempadao 30 julho, 2017

Não é a primeira vez que vamos falar sobre os malefícios da maconha sintética, que ganhou mercado em alguns países vendida com o nome Spice, K2, etc. Também não é a primeira vez que vamos falar de mortes relacionadas ao uso desta droga. Em Auckland, na Nova Zelândia, foram registradas 8 mortes apenas neste mês de julho.

Na última quinta-feira morreu em Auckland uma mulher de 31 anos que consumia este tipo de droga de laboratório. A autópsia ainda não foi divulgada, mas tudo indica que esta seja a 9ª vítima da falsa erva apenas em um mês.

Até a polícia local fez um apelo contra venda da erva sintética que mata. “Pedimos àqueles que consumem maconha sintética que deixem imediatamente de fazer isto e que busquem ajuda”, declarou o inspetor Peter Florence em entrevista coletiva.

A dica de redução de danos do Hempadão é reta e objetiva: jamais troque sua maconha natural (mesmo a prensada) por qualquer erva de laboratório. A onda não vale o risco de perder a vida.

E não custa nada lembra que, mesmo com tanta maconha ruim na pista, a verdadeira cannabis nunca gerou a morte de um usuário.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina