MPF pede prisão de Ministro e Secretário de Saúde devido falha na importação do Canabidiol!

DeCara

hempadao 8 abril, 2016

É ou não é para se ficar de cara quando o Ministério Público Federal manda prender o Ministro da Saúde por descumprimento de importação de medicamentos a base de maconha? É verdade! E a pergunta que não quer calar é: se o MPF reconhece o direito essencial ao acesso desse medicamento, porque não deveríamos começar urgentemente a produzir nós mesmos a medicina?

Para entender melhor essa história, é preciso lembrar que a cidade de Marília, no interior de SP, tem uma militância forte que conseguiu mobilizar a autorização de importação dos medicamentos a base de maconha em todo o Brasil. Por lá cerca de 20 pacientes, dentre crianças e adolescentes, dependem do desembaraço brasileiro para receber a importação do remédio.

Acontece que desde o começo do ano o medicamento simplesmente parou de chegar. E lá se vão quatro meses. Imagina o desespero desses pais.

Então, se a decisão favorável a importação não está sendo obedecida, e com isso famílias tem visto a saúde de seus filhos piorarem, alguém tem que ser responsabilizado por isso. Quem seria?

Eu já vi muita gente ser presa com maconha. Agora gente sendo preso por falta de maconha para quem precisa, pode ser a primeira vez. Quer dizer, é claro que eles certamente não irão parar atrás das grades por isso, mas que é uma chamada incrível é.

Se o Ministério Público Federal está tamanhamente convencido da necessidade de se ter esse medicamento em mãos, então é preciso evoluir as leis, no campo parlamentar, para que não dependamos mais da indústria americana para tratar nossas crianças.

Fiquem ligados que os próximos capítulos dessa novela, quer dizer, desse drama, certamente a gente vai acompanhar por aqui.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina