Menina de 13 anos aproveita Larica de usuários de Maconha Medicinal e vende 117 caixas de biscoitos na Califórnia!

WAW

hempadao 21 fevereiro, 2014

Uma escoteira de 13 anos está sendo muito procurada depois que começou a vender cookies do lado de fora de uma clínica de maconha medicinal.

Daniele Lei, 13 anos, estava com certeza pensando “alto” quando resolveu vender seus cookies na frente da Green Cross (Cruz Verde, em alusão à Cruz Vermelha), um dispensário de maconha medicinal em San Francisco, Califórnia.

A empreendedora vendeu 117 caixas de “Tagalong” e “Thin Mints” em 2 horas, e os rendimentos vão beneficiar instituições de caridade.

Carol, mãe de “Miss Lei”, disse que a filha dela vendeu dezenas a mais de caixas na porta do dispensário do que em outros lugares. Até acabaram seus “Dulces de Leche”.

Tanto Danielle quanto sua irmã mais velha, Nikki, já venderam cookies na frente de clínicas como essa antes, e os pais delas veem isso como um jeito de aprender a diferenciar o uso medicinal da maconha do uso recreativo.
“Você fala em termos que elas talvez entendam melhor” disse ela. “Não estou sendo complacente com o uso de drogas, não digo pra irem pra rua usar maconha”

A cruz verde apoiou a iniciativa da menina e os funcionários compraram algumas caixas também.

O negócio de Miss Lei foi bem aceito pelas Escoteiras do Norte da Califórnia, que dizem que os pais devem decidir onde os filhos vendem os biscoitos.

“A mãe dela decidiu que esse é um lugar onde ela fica tranquila da sua filha vender biscoitos” disse Dana Allen, diretora de marketing e comunicações da “Girls Scouts of Northern Califórnia (escoteiras do norte da Califórnia). “Não vamos dizer às pessoas se devem ou não devem ir já que é um negócio LEGAL.

Nem todas as associações de escoteiras são “mente aberta” como a da Califórnia, apesar da maconha recreativa ser legalizada no Colorado e em Washington.

As escoteiras da Califórnia denunciaram uma foto, divulgada recentemente, de 3 meninas vendendo cookies na porta de uma clínica, como sendo montagem.

“Se você está pensando, nós não deixamos nossas escoteiras venderem biscoitos na porta de dispensários de maconha ou de lojas de bebida”, disse a organização por twitter.

Em contraste a isso, a Cruz Verde convidou Lei e sua mãe para voltarem, e as vendas vão continuar amanhã, sábado 22 de fevereiro, disse a reportagem.

Leia o Original AQUI!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina