Mark Emery em Liberdade!

Hemportagem

hempadao 15 agosto, 2014

Não é só no Brasil que os militantes da legalização da maconha são vítimas do perverso sistema penal. Depois de pegar quase cinco anos na cadeia nos Estados Unidos o canadense Mark Emery deixou a prisão na última terça-feira.

Emery foi extraditado para os Estados Unidos em maio de 2010, depois de ter sido condenado a quase cinco anos de prisão. A Justiça americana o acusou de vender mais de quatro milhões de sementes de maconha por meio de sua página na internet. A maior parte dos clientes era dos Estados Unidos.

O ativista foi recebido na fronteira em Windsor (província de Ontario, centro) por sua esposa Jodie Emery, que manteve a militância de seu marido durante o tempo que passou atrás das grades.

"Tenho a intenção de seguir pressionando pela legalização da maconha e vou continuar fumando. Planejo realizar encontros, conferências e passeatas no Canadá para mobilizar os três milhões de fumantes de maconha e promover a entrada dos liberais de Justin Trudeau no governo para obter a legalização da maconha no Canadá", disse Emery à agência France Press.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina