Maconha representa mais de 70% das apreensões de droga em SP

WeedNews

hempadao 24 julho, 2016

É verdade que a legalização apenas da maconha não resolve o problema da guerra às drogas. Mas é fato que a cannabis é, disparada, a droga ilícita mais consumida, e a retirada do monopólio da venda da erva das mãos do narcotráfico pode representar um baque no caixa das organizações criminosas.

apreensao-sp

Prova disso é um levantamento das apreensões de drogas feitas no estado de São Paulo. A maconha representa 76,47% de toda droga recolhida entre janeiro do ano passado e maio deste ano. Das 9,6 toneladas apreendidas, 7,36 toneladas são da erva, seguida por cocaína (1,8 tonelada). Os dados foram obtidos pelo jornal O Estado de São Paulo por meio da Lei de Acesso à Informação. 

A pesquisa também chama atenção para falta de cuidado das autoridades policiais em catalogar drogas classificadas apenas como “outras”. Neste pacote estão inclusos o ecstasy, LSD, lança-perfume e heroína e haxixe. Drogas com efeitos e perfis de usuários totalmente diferentes. 

“Em São Paulo, a polícia não tem instrumentos para detectar corretamente o que é cada droga sintética. Classificam tudo como ecstasy, mas não sabem o que é realmente”, afirmou em entrevista a pesquisadora Clarice Madruga, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). 

Essa generalização de drogas tão diferentes é péssima para elaboração de políticas de saúde pública de atenção ao uso problemático de drogas. Mais uma vez a culpa é do modelo proibicionista, que coloca em um mesmo pacote substâncias com efeitos bem distintos e adota a mesma estratégia para combater todas. Lógico que vai dar merda!



3 respostas para “Maconha representa mais de 70% das apreensões de droga em SP”

  1. Coxinhas_molóides_v_3 disse:

    Os coxinhas estão espumando pela boca, porque descobriram que estão pagando o Pato, aquele simbolizado pela Fiesp nas manifestações, quando disseram pra eles que quem quebrou o Brasil foi um monte de esfomeados que recebem 300 reais de bolsa família, enquanto o diretor da Fiesp deve 6,9 bilhões à sociedade!

    http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,divida-de-diretor-da-fiesp-com-a-uniao-e-de-r-6-9-bi,10000063476

    Não basta ser coxinha, tem que ser molóide.

  2. Coxinhas_molóides_v_3 disse:

    Na real esse argumento é falho, já que o cigarro é legalizado e é o item mais contrabandeado do Brasil.

    Como resolver isso?

  3. Diogo disse:

    Podia pega essas toneladas i enfiar n cu dos mortadelas …. Já q elas gostam d tudo dado ou em forma d doação propina … Ou bolsas i cotas …. Mortadelas viram gente ou vão pra Cuba seus parasitas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina