Maconha legalizada aquece mercado imobiliário nos EUA

WeedNews

hempadao 16 abril, 2017

Em 2008, o mercado imobiliário foi responsável uma grande crise econômica que afundou os Estados Unidos e boa parte do Planeta. Em 2017, o setor de imóveis já deixou o fundo do poço e está prosperando com a ajuda da legalização da maconha.

Nos 8 Estados com maconha recreativa legalized e nos 28 que legalizaram o uso medicinal, grandes instalações estão sendo readaptadas para o cultivo e o processamento de plantas e derivados de maconha.

No passado de proibição nos Estados Unidos, a maconha crescia em esquemas clandestinos, que envolviam até containers enterrados, que funcionavam como um enorme estufa. Com a legalização, as plantinhas não precisam mais ficar tão escondidas.

Uma reportagem recente do jornal The New York Times revela que os empresários do ramo canábico estão sofrendo no jogo da especulação imobiliária. Donos de imóveis estão cobrando um ágio de novos inquilinos que trabalham no ramo da cannabis.

Em alguns bairros de Denver (Colorado), o preço médio de aluguel pedido para espaço de armazéns aumentou mais de 50% de 2010 a 2015, segundo um relatório do setor. Na cidade como um todo, há cinco vezes mais lojas de varejo de maconha do que filiais do Starbucks.

Mas a “facada” no preço dos imóveis parece não provocar nenhuma insegurança para o negócio de maconha legalizada. Apesar deste custo ser repassado ao consumidor final, o varejo segue vendendo muito bem e cobrando caro pela erva de qualidade.

São as lojas lotadas que compensam qualquer aumento de custo na cadeia produtiva.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina