Longe do MMA, Johnson revela que irá trabalhar com maconha medicinal

Clipadão

hempadao 22 maio, 2017

Anthony Johnson surpreendeu o mundo da luta ao anunciar sua aposentadoria do MMA, minutos após ser finalizado por Daniel Cormier, na luta principal do UFC 210, em abril. “Rumble” deixou no ar o que faria depois de “pendurar as luvas”, mas será algo totalmente diferente da profissão de lutador.

Em entrevista ao talk show “Heated Conversations”, o americano declarou que vai trabalhar no ramo da maconha medicinal, embora não tenha detalhado o projeto.

– Estamos abrindo uma instalação. É (maconha) para uso medicinal, temos algumas coisas acontecendo. Já é algo grande. Estamos apenas esperando a lei ser aprovada. Estamos fazendo tudo da maneira certa. Seguindo as regras, por esse caminho não há problema.

A aposentadoria de Johnson causou espanto por se tratar de um atleta em seu auge, que acabara de disputar o cinturão do peso-meio-pesado. O ex-lutador, no entanto, frisou que a decisão de abandonar a carreira no MMA visa a preservar a sua integridade física e mental.

– Minha saúde, cara. Você ouve falar de traumatismos cranioencefálicos e todas essas coisas, lesões na cabeça. Você está prejudicando seu corpo jogando futebol e coisas assim, mas esse tipo de coisa pode acontecer rapidamente no MMA. Estamos constantemente batendo um no outro. Eu me amo. Você sabe o que estou dizendo? Muitos caras não pensam nisso.
Questionado se poderia voltar atrás em sua decisão e retomar seu caminho nas artes marciais mistas, Johnson foi enfático.

– Esse não sou eu. Quando eu digo que vou fazer uma coisa, eu farei. Está tudo acabado. Não estou mais naquela vida.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina