Liberdade THCprocê: Nah Brisa!

VlogsPot

hempadao 25 junho, 2016

Hoje o vlogspot vai dar espaço mais uma vez pra militante Nah Brisa, que grava sempre uma mistura interessante de papos-retos com brisas cômicas. Dessa vez o assunto é sério e o vídeo tem o tom de revolta sobre a prisão do THCprocê. Dê play e acompanhe as snapchatizadas contra a injustiça brasileira:

Está rolando uma VAKINHA para contribuir com o caso. AJUDE!



6 respostas para “Liberdade THCprocê: Nah Brisa!”

  1. Maconier disse:

    Ele vacilou em montar o banco de sementes, só rodou por isso. Não peçam sementes de fora pelo correio, a polícia está de olho.

    • davinho disse:

      irmão comprei umas e axo que deu BO, foram encaminhadas para analise no ministerio da agricultura. E agora será que eles vão bater na porta da minha casa?
      abrax

  2. Lucas M disse:

    #LiberdadeThc
    Sérgio é uma pessoa de bem, não chega perto de ser um traficante! É um homem que ajudou MT a população através da distribuição de sementes com intuito medicinal. O próprio policial afirmou que na sua residencia não tinha movimentação de pessoas, não caracterizando boca de fumo.
    Existe hoje uma petição online com intuito de ajudar o THC. Assinem.

  3. Lucas Mendes disse:

    Bom eu mesmo a prendi a cultivar com nosso amigo Sergio ( THCPROCE ) mais esses policias ridículos de achar que estão combatendo o trafico como ja foi falo a um comentaria a cima
    eu aprendi a plantar e cultivar, graças ao THCPROCE como Sergio mesmo disse vamos na boca de fumo para compra esterco maconha ruim, não vou deixar de cultivar por causa desses policias que dizem está combatendo ao trafico, eu vou ajuda nosso amigo Sergio eles nos ajudou agora e hora de ajudar a ele,
    eu to vou contribuir o máximo que eu puder.. planta pra não compra isso que ele me ensinou e não vou desistir de ter minhas meninas .

  4. eder disse:

    Cara eu tinha certeza que ele seria preso, eu tentei avisa-lo mas ele achou que eu estava brincando 🙁

  5. Indignado disse:

    A prisão do THCPROCE é uma grande hipocrisia social, a polícia que invadiu sua casa e suas redes sociais tem como base o trafico de drogas e que Sérgio é apenas mais um marginal, ou melhor um dos maiores marginais do país, por conta do seu ativismo. Nisso a polícia tem um ponto de razão, não em relação ao tráfico mas sim na importancia desse companheiro, seu incentivo ao cultivo vai justamente na contramão do tráfico, na contramão da morte da juventude negra e periférica, na contramão da lógica empresarial farmaceutica, que não se importa com a saúde real da população e tem como objetivo apenas o lucro, e o mantimento da doença, e ataca diretamente costumes, crenças e moralidades que precisam ser superadas, precisam avançar sem hipocrisia, a droga que mais mata no mundo tem comercial liberado em TV aberta e tem pouquíssimo benefícios medicinais. A descriminalização da maconha precisa acontecer, e é justamente em pontos como esses, que ele combatia e combate todos os dias.

    No inicio do século XX a maconha era muito difundida entre os negros e na produção de papiro (papel) e de tecido (com o cânhamo) nos EUA, e eram concorrentes diretos dos brancos industriais estadounidenses, que fabricavam à partir da celulose. A parte economica se junta com a parte social e religiosa, para os cristãos a cultura pagã dos negros era suja e não servia para o trabalho, o famoso “cigarro do capeta” vem pela criminalização direta da raça negra e pelo monopólio economico, desde sempre.

    Hoje o movimento pela descriminalização se empondera com bases medicinais e culturais, tentando fazer exatamente esse resgate histórico importante, o THCPROCE fere diretamente os 2 grande pontos da criminalização, a questão economica, pois incentiva o cultivo e não a venda, e o valor cultural cristão de reprimir diversos movimentos e culturas diferentes da moralidade da classe social dominante.

    O ataque direto, com a prisão do THCPROCE, é um ataque direto a nós também, aos que realmente e superaram esse valor cultural e economico imposto com a criminalização da maconha recreativa e medicinal.

    O Juntos Pela Legalização exige liberdade imediata para o Sérgio e pede a ajuda de todas e todos os militantes pela descriminalização!

    #LIBERDADETHCPROCE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina