Legalização da maconha só para turistas?

WeedNews

hempadao 28 janeiro, 2018

O povo do México sofre com uma guerra às drogas terrivelmente sangrenta, que só faz aumentar o número de óbitos violentos. Mesmo assim, o governo do presidente Enrique Peña Nieto não parece aberto a aprovar qualquer proposta de legalização da maconha ou outra droga ilícita.

Mas esta semana o ministro do turismo, Enrique de la Madrid, conhecido por ter uma posição bem conservadora, declarou que legalização da venda e do consumo da maconha poderia ajudar no combate a violência que afasta os turistas de regiões como Cancun. Mas calma, a mudança não seria para todos…

“Pelo menos nas regiões turísticas, temos que legalizar o uso da maconha”, disse De la Madrid, de acordo com o jornal Milenio. “Legalizar não apenas o consumo, mas também a produção e a venda de maconha, contribuiria, juntamente com outras ações, a ter destinos turísticos mais seguros.”

Reconhecendo que o consumo de cannabis ocorre independente de qualquer proibição, Enrique de la Madrid defendeu a mudança. “O que não se justifica é que alguém acabe na cadeia por consumir maconha. O que não se justifica é que alguém se torne vítima de extorsão por consumir maconha. É um absurdo.”

Infelizmente o ministro parece mais preocupado com prejuízo que a guerra às drogas provoca na entrada de dólares no setor turístico, esquecendo das mortes diárias provocadas pelos conflitos entre narcotraficantes e as forças de segurança.

A defesa da legalização não pode é feita apenas para garantir o direito de turistas chaparem com tranquilidade enquanto a população local sofre as mazelas da guerra. O México precisa da legalização para o povo mexicano colocar um freio nas mortes que proibição provoca. Primeiro a paz, depois os dólares!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina