Legalização no Colorado atrapalha traficantes no México

Chapa2

hempadao 2 fevereiro, 2016

Essa notícia é uma confirmação de tudo que a militância vem dizendo há anos sobre guerra, tráfico e consumo de maconha. Saiu nos EUA um documento, divulgado pelo grupo Lawyer Herald, com diversas fontes estatísticas comprovando que produção, distribuição e venda de maconha recreativa no Colorado fez com que as operações de contrabando feitas pelos cartéis mexicanos diminuísse consideravelmente.

 

 

Segundo o relatório, “a maconha legalizada no Colorado parece ter ajudado a resolver o problema da droga no México”, o que nos parece óbvio. Afinal, temos repetido isso há anos. A legalização vai diminuir o poder do tráfico. E agora já existem provas reais dessa relação lógica de causa e consequência.

Desde a legalização da maconha recreativa no Colorado, que aconteceu em 2012, na histórica aprovação da Emenda 64, a lei passou a permitir que não só dispensário, mas qualquer pessoa pudesse comercializar a erva, se registrando devidamente. Essa disposição fez com que o risco de se consumir maconha do tráfico caísse em total desuso.

Porque comprar ilegalmente se você pode escolher e ter todos os apoios legais de um consumidor comum? Nem mesmo o preço do tráfico consegue ser menor, no caso deles, assim como no nosso, afinal, o produto ilegal vem de outros países, atravessando fronteiras e envolvendo logísticas que o simples plantar, colher e vender não tem.

No caso dele o México, no nosso caso, seria o Paraguai quem mais sofre (ou lucra) com a proibição da erva no Brasil. É um dever político nosso resolver esse impasse de toneladas e mais toneladas que atravessam o país. E a solução qual seria, se não essa!?

Quem quiser vender maconha, se registra, paga imposto, e vende. Parece absurdo? Mas porque não seria melhor do que o modelo atual?

Hoje, quem quiser vender maconha, simplesmente vende. E ao ver as notícias dos EUA, onde a receita de impostos sobre o verde gira na casa dos milhões, podemos perceber que, mais uma vez, estamos ficando para trás, perdendo um imenso volume financeiro na mão da ilegalidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina