Laboratório brasileiro importa 10 quilos de Maconha para produzir Remédio

DeCara

hempadao 25 novembro, 2016

A start-up Entourage Phytolab conseguiu autorização da justiça para importar 10 quilos de maconha!! A carga é avaliada em até 200 mil reais e é composta por flores ricas em CBD. Essa é a primeira vez que uma empresa consegue a autorização no Brasil.

entourage logo

O que propiciou essa decisão foram as atuais medidas aprovadas pela ANVISA, que mudaram um pouco a regra do jogo permitindo que o THC, em determinada concentração, faça parte dos estudos e preparos.

A agência nacional de vigilância sanitária demorou para fazer isso. Mas resolveu se mexer quando o pedido veio da GWPharma, a multi nacional que produz o medicamento Sativex. Por aqui ele deve se chamar Mevatyl e está em fase final de registro.

A empresa que forneceu as flores para a Etourage, Canopy Growth, está em franca ascensão no mercado financeiro mundial. Em julho as ações estavam custando 8 reais e agora estão perto de 30 temers.

De acordo com matéria da Folha, a Entourage e Bedrocan Brasil, empresas responsáveis pela importação, receberam investimento de 3 milhões de dólares. Esse dinheiro deve ser usado para extração, padronização e formulação do que é considerado o “candidato ao novo medicamento” à base de cannabis.

A notícia é boa?! Sim… mas representa uma vitória para uma parcela ainda pequena dentro de todo universo da militância canábica no geral. Quem botou dinheiro forte está começando a colher o verde da indústria farmacêutica. E aí são quilos não só de maconha, mas também toneladas de dinheiro.



Uma resposta para “Laboratório brasileiro importa 10 quilos de Maconha para produzir Remédio”

  1. RAFAEL EVANGELISTA LADEIRA disse:

    Salve amigos da luz. Quando foi dito que a start-up ENTOURAGE conseguiu autorização ( ANVISA liberou rapido quando o pedido foi da gwpharma ), por outro lado também é comentado sobre que isso é fruto de altos investimentos, porém concentrado na mão de poucos e pouco acessível.

    O que vocês acham sobre o cenário dos clubes sociais ? Tenho em brasília uma área comercial médica e gostaria de fazer parcerias ( com vocês, growroom etc ). Pode ajudar muitas crianças e pessoas a buscarem uma medicina.

    A luta será pelo plantio de qualquer fim ( medicinal e recreacional ) mas inicialmente a pegada seria medicinal.

    Paz profunda!
    Rafael – evangelistaladeira@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina