Karin, 27 anos, PR [Candidata 023 – Miss Marijuana 2013]

Miss Marijuana 2013

hempadao 18 novembro, 2013

Nome, idade, estado onde mora.
Karin, 27 anos, Curitiba PR

Por que você acha que a maconha foi proibida?
Hoje em dia minha opinião é que a proibição é mais uma questão econômica do que cultural, ainda que o Brasil é um país atrasado em vista de tantos outros onde a comercialização é um fato legal. Ainda não legalizaram aqui pois não encontraram ainda uma forma de tributar sobre a venda, de obter impostos sob isso como fazem com o tabaco e o álcool.

Trabalha ou estuda? Qual sua área de atuação?
Trabalho e estudo na área administrativa, formada Comissária de Vôo, porém sem exercício da função.

 

Qual a sua opinião sobre a legalização da maconha no atual contexto político-social nacional?

O Brasil é um país ainda sem estrutura para a legalização, um país onde pode-se traficar porém não se pode plantar, onde necessidades e prioridades são desfocadas, deviam se preocupar em melhorias, em evolução, porém não enxergam que com a legalização cada um poderia ter o seu cultivo e assim o usuário não precisaria obter por outros meios ou por terceiros.

Como você gosta de gastar a onda?
Com os amigos, tomando um vinho e ouvindo uma boa música, em casa fazendo uma larica gostosa, e vendo um filme, tirando uma onda numa praia, ou fazendo uma trilha.

Uma boa música para ouvir chapada:

BoB Marley – War , essa música tem uma energia muito boa.

Por que você quer ser a Miss Marijuana 2013?
Pra mostrar que a mulher brasileira além de beleza tem sua opinião, continuo trabalhando, cuidando da família, de mim, sendo mulher e ainda assim sendo usuária da erva, isso não faz da minha pessoa diferente de ninguém.

Qual sua opinião sobre as outras drogas?

Em minha opinião maconha não é uma droga, simplesmente ainda não foi descriminalizada por nossas autoridades é uma erva natural e com várias utilidades inclusive medicinal, quanto as outras drogas acho sim que podem acabar com a vida de uma pessoa se ela não souber controlar o uso.

Se pudesse escolher, moraria no Uruguai, na Holanda ou prefere esperar o Brasil legalizar?

Moraria na Holanda, mas por enquanto fico por aqui esperando notícias boas para o nosso país.

 

Há quanto tempo acompanha o Hempadão e o que mais gosta no blog?

Desde quando entrei nas redes sociais, gosto das reportagens pelo mundo a fora, e dos vídeos, e também das informações que trocam com o leitor, informações essas que podem vir a responder várias questões sobre a maconha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina