Israel aprova exportação de Maconha medicinal

Hemportagem

hempadao 8 fevereiro, 2017

O comitê ministerial de Israel aprovou no último domingo um projeto de lei que vai legalizar a exportação de cannabis para uso médico, foi o anúncio feito pelo gabinete da ministra da Justiça, Ayelet Shaked.

Ainda nãoi divulgada a data para entrada em vigor da lei. O uso recreativo da ganja segue proibido por lá mas na última ´decada o uso médico da planta não foi só permitido mas também super estimulado.

Calcula-se que em 2015 os médicos prescreveram maconha para cerca de 25 mil pacientes, com doenças como câncer, epilepsia, estresse pós-traumático e doenças degenerativas. Em janeiro de 2014 o ministro da Agricultura havia anunciado um investimento de dois milhões de dólares (8 milhões de shekels, na moeda local) para projetos destinados a pesquisa com a brenfa.

No ano passado, a gigante do tabaco americana, Philip Morris, investiu em torno de 20 milhões de dólares na empresa israelense Syke, especializada em inaladores de cannabis medicinal.

Em janeiro deste ano, o ministro de Segurança Publica, Gilar Erdan, anunciou seu apoio a descriminalização do uso recreativo da erva. Parece mesmo que Israel vai chegar lá antes da gente. Quem diria, hein!?



Uma resposta para “Israel aprova exportação de Maconha medicinal”

  1. Josué S Mendes disse:

    Israel é foda , os caras criam peixe no deserto , agora exporta Maconha medicinal , pra regulamentar é um pulo . Bem que Deus disse que abençoaria a nação de Israel e assim como Deus não mente Maconha não mata a gente , já dizia o Planet Hemp !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina