Idas e vindas no Mundo Cannábico

Chapa2

hempadao 18 novembro, 2014

por Tales Henrique Coelho

Estive de férias por 15 dias no paraíso da Bahia, numa cidade que não falarei o nome, onde o consumo da nossa querida cannabis está praticamente liberado. Nesse período vi muito pouco ou quase nada do noticiário, e fui me informar depois sobre o que rolou no mundo cannábico enquanto estive viajando. Não foi pouca coisa. A maconha está mesmo na ordem do dia. Destaco aqui uma notícia positiva e uma negativa que foram emblemáticas neste período:

A notícia que mais me chamou a atenção foi a que veio de Nova Iorque, onde o chefe de polícia deu uma entrevista coletiva exibindo um saco com uma substância verde que ele disse ser orégano, anunciando que não serão mais presas as pessoas pegas com até 25 gramas de maconha. Uma notícia e tanto, na maior cidade do planeta!

O mais interessante e importante de se destacar é que o responsável pelo anuncio, o comissário William Bratton, foi o responsável pela criação das políticas de ‘Tolerância Zero’ contra o crime, uma doutrina vista como bíblia por muitos proibicionistas e linhas-dura em geral por aqui. Será que eles vão mudar de ideia também? Seria um sonho…

Um dos principais objetivos da medida, segundo o comissário de polícia, é diminuir as prisões desnecessárias, principalmente de jovens negros, latinos e pobres. Segundo ele, essas prisões acabam sendo mais danosas à sociedade, pois “diminui as chances (do jovem) de conseguir um bom trabalho, ou um empréstimo estudantil”. Palmas para o comissário!

Já no Brasil…

A notícia mais triste deste período em que estive fora foi, sem dúvida, a da prisão de três estudantes da Universidade Federal de São João del Rei, por causa de UM pé de maconha. Um absurdo que não consigo descrever em palavras. Minha revolta ao ver pessoas sendo presas por causa de uma planta não cabe em palavras. Agora, três pessoas por causa de UMA planta?

É de uma imbecilidade sem tamanho, que mostra como nossa polícia precisa, e MUITO, evoluir. A consciência atingida pelos canas de Nova Iorque está anos luz à frente dos meganhas tupiniquins.

Cabe a nós tentarmos mudar essse quadro, cotidianamente. Aliás, você já assinou a petição pela libertação deles?

————–

E é claro, eu não podia deixar de falar do lançamento do concurso Miss Marijuana 2014! Este ano, a vencedora vai ganhar uma viagem para o Uruguai. Vai perder? “Chama as amigas, e fala pra essas amigas chamarem mais amigas”!

Fortalecendo a cultura cannábica também estamos fortalecendo a luta pela legalização! Inscreva-se já!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina