High Times foi vendida por U$70 milhões para Damian Marley e grupo de Investidores!

WAW

hempadao 2 junho, 2017

A revista canábica pioneira e mais famosa do mundo foi vendida por nada mais, nada menos que 70 milhões de dólares!! Pois é, isso mesmo, galera: aproximadamente 210 milhões de reais. Quem fez o investimento milionário, claro, não foi uma pessoa só. Um grupo de investidores formado por Adam Levin, Damian Marley, Ean Seeb e mais 17 pessoas do mundo canábico, imobiliário e tecnológico.

Um dos principais investidores, Adam Levin, afirmou que “a cannabis é uma das indústrias que mais cresce hoje” e que, para ele, é “a Coca-Cola da indústria”.

Já o músico Damian Marley (pra quem não sabe, ele é filho de Bob Marley), afirmou que consultava a revista quando estava no Ensino Médio para diferenciar suas plantas macho de fêmea. Além disso, ele afirma que a revista o fazia “sonhar com vários strains lindos que, àquele tempo, ele ainda não tinha tido a chance de experimentar. Hoje me sinto honrado de ser parte do legado High Times do qual eu fui fã por tantos anos.”

A ideia de Levin, futuro CEO da marca, é expandir a High Times de uma marca impressa para uma mídia mais digital, além de fazer mais eventos como a Cannabis Cup. No final das contas, estamos “evoluindo da típica audiência dos chapadões para uma audiência de consumidor diário da erva.”

Hoje a cannabis é legal em 8 estados dos EUA e 5 estados votarão a legalização em novembro. Apesar disso, o governo federal ainda classifica essa planta como uma droga Schedule 1, no mesmo grupo da heroína.

A high Times foi fundada em 1974 na cidade de Nova Iorque como uma revista alternativa dedicada à cannabis. Sua circulação impressa é de 236.000 assinaturas e ela alcança 20 milhões de visitantes únicos no meio digital.

Por tudo isso, Levin viu o negócio como uma “oportunidade única”. E disse mais: “uma oportunidade única no momento histórico certo.”

E com certeza é. A High Times já fez sua história na militância pela legalização e ainda faz até hoje. Esperamos que essa luta continue.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina