Hempadão na Veja como Argumento do Preconceito!

Adão e Erva

hempadao 6 fevereiro, 2014

Pára com isso Reinaldo Azevedo, julgar o manifestante pelas páginas que ele curte? E então tem problema ele seguir as laricas de informação do Hempadão?! É preciso desde já agradecer o marketing gratuito além do registro histórico da nossa presença na rede. Nosso papel é de contracultura sem apologia, sem violências, mas é preciso lembrar que o teor nocivo desse post, num veículo como a VEJA, é mais cortante que um estilete. Que escritor/pensador não percebe na mídia alternativa o fervor da evolução das massas?! Que violência tamanha um manifestante é capaz de cometer que se compare as atrocidades do Estado?! Pra gente é um honra sair na foto, retrato de um país atrasado e preconceituoso. Seguimos na luta, descriminados, criminalizados e perseguidos. Mas a cultura da maconha persiste. Veja só o post, as páginas estranhas curtidas pelo jovem Fabrício Proteus:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina