Flagrado por doping, atleta do UFC admite uso de maconha após morte da avó

Clipadão

hempadao 8 maio, 2013

Fonte: Tatame

Com uma suspensão de seis meses por uso de maconha, após o UFC on Fuel 9, em Estocolmo, Suécia, Robbie Peralta terá um tempo para repensar a sua carreira. E, de acordo com o lutador, ele está arrependido de tudo que fez.

“Eu só quero pedir desculpas a todos os meus amigos, familiares, fãs e ao UFC, mas principalmente peço desculpas a todas as pessoas que ficaram desapontadas com essa notícia – meus treinadores, minha equipe”, disse, em comunicado à imprensa.

Depois de ser flagrado no exame, o atleta concordou em em se submeter a um tratamento de reabilitação e, ao fim do período de impedimento para lutar, terá que fazer um novo exame para comprovar a recuperação.

Segundo ele, um fator externo influenciou para cair na tentação das drogas.

“Eu tenho passado por algumas coisas emocionais nos últimos seis meses. Quando minha avó faleceu em março, fiz a escolha de fumar. Tivemos o funeral, teve algumas bebidas e comecei a fazer escolhas ruins”, afirmou.

Com sua punição com término em outubro, mas caso seja comprovado que o lutador não use mais nenhuma substância ilegal, Peralta garantiu que estará pronto para retornar ao octógono.

“É bom de uma forma para que eu nunca mais cometa esse erro novamente. Não vale a pena comprometer a minha carreira. Tenho um monte de coisas acontecendo agora. Tudo isso é novo para mim, estar no olho do público, essa coisa toda. Só tenho que garantir que isso não volte a acontecer e que eu esteja mais forte mentalmente”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina