Filho de PM Também Fuma!

Caos in Casa

hempadao 4 fevereiro, 2014

E aí galera do Hempadão! Meu nome é L., tenho 19 anos e fumo Cannabis ha 3 anos e hoje vou deixar para todos os maconheiros de plantão a minha contribuição para o Caos in Casa.

Bom , como eu já disse no inicio , fumo eventualmente ha 3 anos , porém de uns tempos pra cá venho fumando com mais frequência. Meus pais(meu pai é Policial Militar) não sabiam que eu usava a erva até que em uma noite de sábado deu tudo errado e eles ficaram sabendo da pior forma!

Tudo começou em uma sexta-feira quando eu e mais 3 amigos combinamos de comprar no sábado 25g da erva para nosso consumo. Então no sábado a tarde ligamos para o cara que vende e combinamos de pegar por 50 reais. Combinamos direitinho a hora e o lugar onde íamos nos encontrar, mas na hora em que chegamos no lugar combinado ele disse que não tinha mais as 25g e que só tinha um pedaço e que venderia por 40 reais. Concordamos e ficamos com aquele pedaço.

Saímos de rolé e tiramos 2 baseados para fumar enquanto passeávamos de carro pela cidade. Até que fizemos a maior burrada da noite e decidimos "mocar" o resto do pedaço que havia sobrado (era umas 23:30). Paramos o carro em uma esquina de uma rua escura e o meu amigo Gustavo desceu do carro para esconder o verde , quando surgiu vira uma Blazer da policia com 3 policiais , e mandam todos encostarem na parede. Logo no começo da abordagem os policiais já acharam o verde.

Um deles me conhecia e na hora ligou para o meu pai dizendo que eu estava fumando maconha e que nos pegaram com muita quantidade e blablabá. Meu pai ficou me ligando de minuto em minuto mas eu não atendia , ate que ele me mandou uma mensagem dizendo que estava me esperando em casa para uma conversa.

Eu estava muito brizado pois tinha acabado de fumar uma tora e não podia chegar em casa com os olhos vermelhos. Então gastei uns 30 minutos até achar uma farmácia 24hrs para comprar um colírio.

Quando cheguei em casa(00:45) meu pai estava no sofá me esperando. Achei que ele fosse me matar ou me expulsar de casa. Mas eu neguei que o verde fosse nosso e disse que era do irmão do meu amigo. Tenho certeza que ele não acreditou, pois ficou falando comigo com ironia , mas no fim da conversa ele disse que confia em mim e que sabe que eu não sou de ficar usando essas "porcarias".

É isso ai galera , essa é a minha contribuição ( e continuo fumando ate hoje).

Relato de um leitor enviado para redacao@hempadao.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina