Filho de Delegado e Maconheiro!

Caos in Casa

hempadao 29 outubro, 2013

Então galera do Hempadão, moro em Santa Catarina e meu pai é delegado da policia civil. Filho de delegado e maconheiro? Sim!

Minha história canábica começa em outubro do ano passado. Tenho 19 anos e fumo maconha há 10 meses. Meus pais sempre foram muito liberais comigo, sempre sai para festas e eles nunca encheram meu saco. Apesar de eu chegar bêbado em casa e cheirando a cigarro, eles nunca disseram nada. Mas com 18 anos eu comecei a perceber que essa vida boêmia estava me fazendo mal, e realmente estava! Estou cursando faculdade de direito, sou atleta e nunca dei problemas pro meus pais. Mas infelizmente ou felizmente, a bebida e o tabaco começaram a interferir em tudo, meu rendimento no esporte caiu, minhas notas afundaram e engordei 10 kg.

Então resolvi que não era isso que eu queria para mim, abandonei o álcool e o cigarro, e nesse tempo conheci a cannabis sativa, que surgiu como um santo remédio. Desde de então eu fumo um antes do almoço e um antes de dormir. Sono sempre foi um problema para mim, mas deixou de ser depois que conheci a cannabis.

Eu treino durante o dia e a noite vou para faculdade, mas meu dia é tão agitado que quase sempre eu vou tentar dormir e o sono não vem. Por isso digo q sou um usuário da maconha medicinal, pois é um como um tratamento para mim.

Mas esses dias estava saindo do treino da parte da manhã e acendi aquele para relaxar. Foi quando começou o meu problema. A academia é relativamente perto da minha casa, então vou e volto caminhado. Nessa volta fui abordado por uma viatura da PM e não tinha o que fazer, pois estava com o cigarro aceso na mão.

Eu joguei o beck no chão e fiquei com o pé em cima dele, mas não tinha como não perceber o cheiro. Eles me abordaram e um dos policiais que estava na viatura me reconheceu, pois ela já tinha ido em um churrasco que meu pai fez em casa, imaginem a situação.

O Tira acabou me liberando mas ligou para meu pai e contou o que aconteceu. O coroa contou para minha mãe, que quase teve infarto. Então abri o jogo e expliquei o motivo pelo qual eu uso. Apesar de não gostar, minha mãe e meu pai aceitaram, e como eles mesmo dizem: “melhor fumar em casa do que na rua”.

Relato de um leitor enviado para redacao@hempadao.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina