Este texto não vai falar sobre maconha…

Chapa2

hempadao 21 julho, 2015

por Tales Henrique Coelho

Não falaremos hoje de cannabis. Nem propriamente sobre a legalização, e os avanços da legislação sobre drogas pelo mundo. O que está em pauta no Brasil hoje é ainda mais básico.

Tem a ver com a possibilidade de que o assunto sequer seja debatido de forma séria no legislativo: onde, afinal, são feitas as leis. Não só este assunto, como vários outros. Todo avanço, por menor que seja, a curto e até médio prazo, pode ser simplesmente bloqueado na pauta nacional.

LEGENDA: Tempos sombrios em Brasília, em que pautas progressistas podem ir pro buraco

Tudo porque o presidente da Câmara, um dos poderes da nossa República, já deu sinais claros de que não vai pensar duas vezes antes de usar o cargo que ocupa para se defender das denúncias de corrupção que pesam contra ele. Nem que ele tenha que aprovar o impeachment da presidente Dilma.

Com isso, será aberta uma crise institucional sem precedentes desde a redemocratização. Uma onda onde vão surfar conservadores, pastores e afins, essa galera que representa tudo que há de mais atrasado. E aí as mudanças progressistas talvez atrasem mais uns 20 anos para acontecer.

"Ah, mas vai valer a pena, porque vai tirar o PT do poder", dizem alguns…

É bom lembrar que o sujeito que comanda a Câmara e se dispõe a fazer esse trabalho tem a ficha mais suja e extensa que a maioria dos ‘gerentes’ de bocas e biqueiras.

Recomendo muito a leitura essa matéria com título genial do pessoal do ‘Trombone’: "Eduardo Cunha sempre dá um jeito de se dar bem"

LEGENDA: O ‘Jovem Cunha" em 1991 já se defendia de acusações envolvendo dinheiro ilícito.

Ele já viu que, desta vez, com a Lava Jato fungando no seu cangote, vai precisar de muito mais calibre para se safar. E quer, deliberadamente, implodir a operação Lava Jato, paralisar o Ministério Público e a PF, e abrir guerra com o judiciário. O que pode paralisar o País.

Se ele ganhar essa queda de braço – que não é com Dilma, mas com a própria República brasileira, afinal ele afronta o próprio MP, que tem atingido em cheio o governo – teremos tempos difíceis pela frente.

STF, Congresso, Assembleia Legislativa, Governos estaduais… Todos paralisados em função de uma crise política e econômica gigantesca.

Toda e qualquer mudança, cada passo de formiguinha que a gente dá para melhorar as coisas vai ficar cada vez mais complicado.

Com Bolsonaros, Marcos Felicianos e todo tipo de aproveitador surfando na onda, onde o legal é ser reacionário como Kim Kataguiri ou figuras ainda mais rídiculas, até que consigam o tão sonhado (por alguns) impeachment.

Em nome de eliminar o que muitos julgam o mal maior – Dilma, Lula, o comunismo (rsrsrsrsrs) – vão entregar de bandeja o país para o que há de mais reacionário, conservador e corrupto possível.

O que deve adiar pautas como a legalização da maconha por mais uns 20 anos no Brasil..

Depois que a merda estiver feita, quem sabe perguntem pro Aécio de onde vieram os milhões das empreiteiras da Lava-jato que financiaram sua campanha, praticamente no mesmo valor que ‘doaram’ para a campanha da Dilma…



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina