Dúvidas d@s Leitor@s no CultivoVital: Clonagem, Floração, Hermafroditismo, Lâmpadas Fluorescentes e OverFertilização

Cultivo Vital

hempadao 7 junho, 2015

por Sergio Vidal Sergio Vidal, Presidente da Associação Multidisciplinar de Estudos sobre Maconha Medicinal e autor do livro "Cannabis Medicinal introdução ao cultivo indoor"

Essa semana vou responder às diferentes dúvidas enviadas pelos leitors. Para saber mais sobre esse e outros temas, conheça o livro Cannabis Medicinal Introdução ao cultivo Indoor. Também é importante consultar os artigos anteriores, que tratam de diversos temas relacionadas com dúvidas de cultivo e outros temas. Quando for mandar sua dúvida, não esqueça de enviar com fotos e com relato completo do cultivo para podermos dar um diagnóstico o mais preciso possível. Vamos às mensagens:

1) Salve turma do Hempadão! Salve Sergio Vidal! Ae, essa bananinha aí na foto é sinal de Macho ou de Hermafrodita? Ela vai estragar minha colheita sinsemilla? Devo me preocupar?

Resposta:

Isso é sinal de que está num ponto bom para colher. Algumas genéticas tendem a soltar essas flores-macho isoladas quando estão bem maduras. Algumas destas flores macho são estereis, mas outras não. Em todo caso, mesmo que sejam férteis, as flores fêmeas já passaram do tempo de serem polinizadas e os cálices não recebem mais pólen a essa altura. Para a planta fêmea ser fecundada ela precisa estar na fase nos quais os pistilos são jovens, brancos. Só inflorescências com pistilos jovens, que ainda não engordaram os cálices, recebem bem o pólen e serão fecundadas, produzindo sementes. As fêmeas não fecundadas continuam inchando os cálices, numa espécie de gestação artificial, mas não possuem sementes dentro, então concentram toda a energia em produzir resina e “carne”. Essa é a chamada técnica sinsemilla, ou sem semente, que consiste em manter a fêmea sempre virgem. O que esta fêmea com flores macho desenvolvidas tardiamente pode fazer é fecundar outras fêmeas, mas não a si própria. Mas isso seria bom, já que todas as sementes geradas dessa relação seriam fêmeas. É dessa maneira que o Guru Soma, criador da empresa Soma Seeds desenvolve suas sementes feminizadas. O que causa o desenvolvimento de flores macho em plantas fêmeas é o dispositivo genético de sobrevivência. Quando as plantas fêmeas sentem algum sinal de stress tentam ao máximo garantir a reprodução, produzindo flores macho. A técnica de cultivo sinsemilla, que garante a produção máxima de resina e cúmulos florais, ao mesmo tempo que garante flores gordas e resinadas, priva a planta da reprodução sexual. Na natureza a planta sempre se reproduz sexualmente e, por isso, ao serem submetidas à uma virgindade artificial, algumas fêmeas entendem que é preciso garantir a reprodução e, para isso, produzem flores macho.

2) Fala Sergio e Hempada! Pesquiso há anos sobre o cultivo e estou com uma dúvida. Clones (sim, eu já li algo que você respondeu sobre clones, mas a dúvida é outra). Seguinte. Quantas vezes posso clonar uma mesma fêmea? 
p.ex. posso clonar pouco antes da fase da floração e dai quando a nova planta que foi clonada estiver para entrar na floração eu poderia clonar novamente fazendo uma "neta", fazendo indefinidamente?
Li em algum lugar que o ideal é clonar até duas vezes, mas me pareceu mais achismo do que certeza, então agradeceria muito se você esclarecesse! Obrigado

Resposta:

Você pode clonar quantas vezes quiser, a genética não se perde. Há uma teoria de que a realização de cortes frequentes poderia causar uma alteração no DNA da planta e, com isso, mutações, mas nada comprovado. Há duas formas de manter a genética através de clonagem. Ou você mantém uma planta-mãe que vai ficar vegetando e crescendo indefinidamente, o que é mais indicado para as pessoas que precisam tirar muitos clones da mesma genética de uma só vez; ou você vai estar sempre crescendo bem as plantas antes de colocá-las para florir, ao ponto de terem alguns galhos para serem transformados em mudas. Na segunda opção, sempre terá plantas novas substituindo as que estavam vegetando, por isso é importante garantir que todos os clones enraizaram bem e vingaram antes de colocar as plantas para florir. Já na primeira opção é importante que a planta que irá vegetar indefinidamente seja sempre observada para evitar que formigas se instalem para criar pulgões na planta, ou que cochonila se desenvolvam nos galhos, pois essas pragas costuma atacar plantas velhas.

3) Tenho um vaso que nasceu 3 plantinhas, sendo um macho que já arranquei há 1 mês e depois uma 100% fêmea e uma hermafrodita que demorou a se desenvolver. Minha dúvida é se devo arrancar a hermafrodita, tenho arrancado as sementes da hermafrodita e deixado os Buds a fêmea tá cheio de buds é bem bonita.
Tem risco da hermafrodita estragar a fêmea??

Resposta:

Sim, há grande risco das flores macho polinizarem as fêmeas, mesmo durante o processo de você as arrancar. O ideal mesmo é arrancar todas as plantas que apresenta flores macho de forma precoce. Diferente do que ocorreu com o leitor da primeira pergunta, sua planta mostrou flores-macho logo no início da floração, o que é sinal de hermafroditismo. Para não comprometer a colheita o ideal seria tê-lo arrancado logo cedo, mas muitos cultivadores também optam por deixar e somente arrancar as flores-macho que nascem.

4) to presisando de uma ajuda. minha planta esta entrando no período de floracao e eu li q lâmpadas hps são mais apropriadas para essa época por emitirem espectros de luz vermelha laranja e amarela. se eu colocar aquelas lampadas florescentes coloridas dará o mesmo efeito ou não
agradeso des de ja

Resposta:

Lâmpadas fluor to tipo warmwhite também são boas para floração, mas jamais vão se comparar às HPS ou LED. Fluor não produzem a mesma quantidade de energia luminosa e, por isso, as flores serão menos densas e pouco resinadas.

5) Rapaziada tud em ordem? Seguinte , minhas plantas estão com um mes e agora de manha fui regar e me deparei com ela toda Manchada tipo ferrugem e ficando branca. Ph 6.0 nao fertilizei nem nada qdo germinou esta com npk 10 10 10. Dei um flush de agua mas to achando que vao morrer…. Ontem estavam lindas e hj desse jeito.

Resposta:

Se o solo estiver bastante aerado capricha na quantidade de água que usa para lavá-lo para limpar de todo o excedente de nutrientes. Se tiver perto algum lugar que venda água destilada é melhor ainda, porque a água destilada não contém qualquer quantidade de sais e certamente irá sugar mais o excedente de nutrientes do que a água comum de torneira, que já vem mineralizada.

6) Sergio, deixa te fazer uma pergunta que para voce deve ser simples! Se eu tenho 2 painéis de leds com a mesma potencia, porem um de uma ótima marca e outro de uma duvidosa, é preferível eu utilizar o melhor na vega ou na flora? sendo que levaria as 2 em paralelo

Resposta:

Tudo o que for de melhor tem que ir para a floração! 😀 Mas sua dúvida foi importante para destacar um fator. Todas as coisas do mundo, inclusive as lâmpadas, exaustores, e outros equipamentos para a estufa, os fertilizantes, substratos, etc, tudo tem variação no preço, na qualidade e em diversos fatores. Como você disse, mesmo um painel de LED´s de mesma potencia tem diferença na qualidade da iluminação produzida e isso é algo que devemos ficar atento na hora de escolher quais os elementos que vamos usar.

Espero que tenha ajudado aos 6 que enviaram as mensagens e a muito(a)s outro(a)s que não enviaram essas mensagens, mas têm dúvidas semelhantes.

Até semana que vem!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina