Dura Psicológica: “Da próxima vez…”

bONG

hempadao 3 abril, 2015

Bom, estavamos em cinco garotos numa universidade abandonada aqui da nossa cidade e já passava da 00:00 e ainda estava para chegar mais um, já tinhamos tacado fogo em vários e estávamos dando uma pausa pra fumar narguilé. O sexto garoto telefona avisando que já estava na porta da universidade, e por estar um breu total e dele não saber onde estávamos lá dentro dois dos cinco foram busca-lo.

Fiquei eu e mais dois no sofá de uma espécie de academia que funcionava na antiga universidade. Os garotos que haviam saído estavam demorando demais e começamos a ficar preocupados pois oque deveria levar 10 minutos já estava perto de 1 hora, quando um de nós decide sair do galpão para dar uma olhada na noite ou fumar um cigarro (sei lá oque ele tinha ido fazer) ele volta assustado falando "moio os verme tá ai". Então nós apagamos uma luminária que tínhamos levado e passamos o que foi a pior espera da minha vida.

Quando nos encontraram, eles estavam em dois e um deles quase enfiou o fuzil na minha boca e já iam dizendo "cadê a maconha cadê a maconha" e eles começaram a revistar nós e nossas bolsas, mas não encontraram nada.

Quando terminaram de revistar só tinham achado uma merreca de verde e ai nos avisaram que os que estavam lá fora tinham sido pegos, pensei que eles estava falando dos 3 mas quando chegamos, eles mandaram agente ir lá pra portaria da universidade, eram só os dois que já estavam conosco.

Fizeram agente sentar no chão e deram um apavoro na gente enquanto discutiam oque iriam fazer conosco, falaram coisa horríveis mas no final liberaram agente e falaram que se algum dia vissem algum de nós em atividade suspeita iria espancar sem dó.]

Mande sua história pro Baque de Oposição à Negligência da Guarda: hempadao@gmail.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina