Dia de Visita ao Ras Geraldinho!

bONG

hempadao 14 fevereiro, 2014

do blog Memórias do Cárcere

Sábado de visitas.

Sol inclemente e eu esperando a improvável visita…

Mais de uma hora em pé, depois de algumas outras horas sentado no chão: as duas únicas opções.

Cansado e com o peito oprimido, encontro no olhar caridoso de um irmão que mal conheço a oferta de um banquinho de plástico.

Estava eu naquele momento, pensando sobre o dia mais triste que passei até agora neste manicômio que a Matrix nos faz entender como "penitenciária".

Uma dor radiante na coluna que sinto já algum tempo também me fazia pensativo.

Três pequenas palavras: você quer sentar?… Palavrinhas que tocaram fundo minha alma, um ato bondoso que me emocionou. Refrigério para meu corpo, muito mais refrigério para minha alma!

E a escuridão transformou-se em luz.

E a minha visita chegou.

Gratidão ao bondoso Jah – Rastafari – que habita meu interior.

Em tempo: todas as vezes em que estivemos com Ras Geraldinho, seu semblante está sereno, suas palavras são carregadas de uma fé e confiança inabaláveis; não demonstra dor ou sofrimento. Por isso, este relato nos deixou tristes. Neste dia, porém, saímos daquele vale de sombras muito mais fortalecidos do que quando entramos. Pedimos à Jah que tenha misericórdia daqueles que foram instrumentos para força-lo a tão duras penas.(da equipe do blog)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina