Coxinha maconheiro?! Vai pra Miami…

Chapa2

hempadao 29 setembro, 2015

O júri condenou um homem a pegar até 35 anos de prisão por cultivar maconha em um quarto de sua casa. Você deve estar pensando que isso é no Brasil, ou na Indonésia, mas não… é no paraíso da elite anti-governista e a favor da família. O homem ainda alegou que a plantação era para ajudar o tratamento de sua esposa que se recupera de um câncer de mama. Mas isso não sensibilizou o júri.

Ricardo Varona, de 43 anos, foi preso em julho do ano passado e é desde então acusado por tráfico de drogas. A polícia achou em posso do suspeito apenas 15 plantas de maconha.

O advogado responsável pelo caso tentou argumentar que os detetives não encontraram qualquer prova que indique a venda da erva cultivada. Não foram encontrados livros de cobrança, dinheiro suspeito, nem sequer balança de precisão ou equipamentos de embalagem para a erva.

"Eles querem que vocês acreditem que ele é Pablo Escobar e Walter White," afirmou o advogado.

Os promotores fizeram todo alarde possível julgando que os aparelhos para plantio eram como um laboratório, equipado com luzes e filtros. Segundo eles a quantidade era maior do que uma pessoa é capaz de consumir… segundo o promotor David Emas, ele não estava ajudando a esposa, "estava ajudando a carteira".

A Flórida até legalizou, também no ano passado, uma variedade específica de maconha medicinal que será usada para tratamento de epilepsias severas. Mas o que se vê pelas ruas, ações da polícia e posicionamentos do juri é que o estado ainda é um dos mais conservadores sobre o tema.

Vários lugares dos EUA já permitem o uso até recreativo da droga. Então não faz o mínimo sentido Miami ser tão exagerada ao penalizar o plantio de 15 pés. Se conhecer algum coxinha maconheiro, já sabe bem a onde mandá-lo.



Uma resposta para “Coxinha maconheiro?! Vai pra Miami…”

  1. Laura Machado disse:

    Muito bom esse artigo, salvei seu site nos favoritos para acompanhar mais vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina