ConverSativa com Forester – Cultivo Indoor Personalizado!

ConverSativa

hempadao 27 maio, 2013

Hoje o ConverSativa entrevistou o Forester Grower, além de ser um grande camarada de militância o cara tem a mão boa e mente criativa para trabalhar equipamentos de cultivo. Então era questão de tempo pra gente aplicar as sete perguntinhas e tentar saber um pouco mais sobre a história da marca e do modo de produção dessa iniciativa nacional. Leia:

Forester, meu brother, que parada é essa de fabricar equipamentos? Quando começou essa história?

Foi pra atender a minha necessidade, pesquisando pela internet não achava equipamento em lugar nenhum por aqui, eu precisava de um cooltube, li algumas coisas na internet sobre a utilização de copo de vela de 21 dias, fui atrás de material e no final do processo , vi que tinha construido um equipamento com um acabamento muito bom e por um preço bastante reduzido, imediatamente pensei, “vo adiantar a galera q passa o mesmo perrengue que eu” e fiz um tutorial bem simples em vídeo ensinando a construir o cooltube, a intenção era postar pra mostrar pra galera de um fórum, hoje o vídeo tem quase 10 mil visualizações e vários comentários tirando dúvida sobre a construção ou até mesmo elogiando a iniciativa, isso acaba nos motivando a continuar fazendo, muitas pessoas entraram em contato me perguntando se eu não poderia construir pra elas, pois não tinham ferramentas ou habilidade para tal. Assim comecei, no inicio sem cobrar nada, só material, a cada equipamento aprimorava mais, sempre profissionalizando, foi quando vi que era possível construir algo de muito boa qualidade, capaz de ser comparado até com os fabricados lá fora, onde o cultivo indoor está muito mais disseminado.

Como você ingressou no ativismo pela legalização da cannabis?

Tudo começou com esse tutorial, pelo youtube fui acompanhando por onde ele era visto, até que caí no facebook de um grande ativista pela legalização da cannabis no Brasil, Sergio Vidal, ele postou o tutorial elogiando o trabalho e dando a dica para construção do equipamento, eu achei o máximo! Alguém que nem me conhecia divulgando meu trabalho e elogiando, a partir daí comecei a acompanhar mais de perto o movimento pela legalização, em seguida conheci o projeto do Mandacaru, outro grande ativista conhecido por aqui. Ele e mais uma galera organizaram a primeira Ceia dos Excluídos na Cinelândia, era perto do meu trabalho e fui lá dar uma força, ali conheci uma série de coletivos. Conheci pessoas fantásticas, dispostas a doar seu tempo pra fazer o que o resto da sociedade não está disposta a fazer, ajudar aos que acabaram excluídos por ela.

E se alguém entra em contato com você e lhe pede um equipamento pra plantar cannabis?

A legislação não me permite vender um equipamento para cultivo de cannabis, meus equipamentos são para cultivo de vegetais, claro que eu não tenho como impedir alguém de usar um equipamento para esse fim, acho até uma atitude honrosa, deixar de recorrer ao tráfico para cultivar sua própria erva, afinal trata-se apenas de uma planta como outra qualquer, mas a partir do momento que me derem ciência que é pra tal finalidade, fico impedido de fornecer, é isso que procuro esclarecer às pessoas . A lei está errada, sem dúvidas, mas é preciso vencer essa batalha dentro das regras estabelecidas.

O que você anda cultivando ultimamente?

Atualmente não estou cultivando nada, apesar de uma das minhas propostas ser a automação, quase não tenho ficado em casa por conta dos trabalhos e o cultivo demanda uma mínima atenção, mas até pouco tempo estava com manjericão, tomates cereja e uma berinjela amarela cuja muda foi doada pelo pessoal da Horta Urbana.

Um duende vinha roubar meu isqueiro, só que eu travei. Nisso ele disfarçou meio sem graça e puxou assunto dizendo que o seu site vem aí, é verdade?

Estamos bem próximos de emplacá-lo, a verdade que só colocarei no ar quando estiver com a linha de produção montada para atender sua demanda, muitas pessoas entram em contato, solicitam orçamento, tiram dúvidas, mas por enquanto atendo personalizadamente, assim desenvolvo melhor as funcionalidades de cada equipamento antes de produzí-lo em série, isso deve ser muito bem fundamentado, se disponibilizo no mercado equipamentos inadequados, posso ter sérias dores de cabeça. Tudo terá controle de qualidade e será oferecida garantia. Uma coisa posso dizer, tá próximo e virá com muita coisa maneira, serão equipamentos de qualidade e parcerias de ponta!

E o que vai ter de novidade por lá?

Outro dia ouvi de um brother que eu não era mais novidade, é importante lembrar que trabalho sério é atemporal, me dedico muito no que faço, comecei a fazer isso por se tratar de algo em que acredito e que gosto de fazer, cada equipamento, estrutura ou armário dou do meu melhor e não descanço até atingir o nível esperado, em breve colocarei à disposição uma linha de armários rígidos, terei também uma linha de filtros de carvão ativado, cooltubes, equipamentos para hidroponia, tudo isso disponível em um site maneiríssimo! Outra coisa é o blog onde tenho falado sobre meu trabalho, dado dicas… Lá vou falar sobre as novidades em tecnologia para o cultivo e ensinar a construir alguns equipamentos também! Tem muita coisa vindo por aí, mas tudo no momento certo! Quem sabe um dia a Forester Indoor não se torne um clássico!?

Você  em algum momento sentiu receio de ensinar a fazer o equipamento que você fabrica?

Não, não fico. Antes de fabricar equipamentos, o cultivo indoor pra mim é um hobby e nada melhor do q ensinar e falar sobre aquilo que a gente entende e gosta. Na verdade o segredo está nos detalhes, no acabamento, na apresentação e isso é pessoal, por mais q eu ensine a construir um equipamento, a dedicação e atenção aos detalhes são fundamentais pra qualidade dele, muitas pessoas não tem tempo, ferramentas ou habilidades pra construir um equipamento, por isso acabam preferindo comprá-los.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina