Começa a venda de maconha medicinal em Nova York

WeedNews

hempadao 8 janeiro, 2017

Nova York pode ser a grande capital do planeta, mas quando o assunto é maconha a cidade ainda fica muito atrás do que rola no Colorado ou na Califórnia. Só agora, em 2017, que os primeiros estabelecimentos de venda de maconha medicinal obtiveram autorização para funcionar.

A legislação canábica do estado de Nova York é uma das mais restritas dos Estados Unidos. O programa é limitado a pacientes com doenças muito graves e terminais, incluindo câncer, HIV e AIDS, doença de Parkinson e epilepsia.

“Nosso programa assegura a disponibilidade de produtos de maconha medicinal de grau farmacêutico para pacientes certificados e estabelece controles rigorosos visando proteger a saúde e a segurança pública”, disse o Dr. Howard Zucker, comissário de Saúde do Estado de Nova York, em um comunicado.

O estado de Nova York autorizou cinco organizações para cultivar e vender maconha para os pacientes cadastrados. Cada uma delas poderá abrir até quatro clínicas, que devem ser inauguradas até o final de janeiro.

Vale lembrar que a maconha só ficou disponível aos pacientes de Nova York mais de um ano e meio após o governador Andrew Cuomo assinar a legislação conhecida como a Lei de Cuidados de Compaixão, que regulamenta a venda e uso da cannabis medicinal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Raiz Biobizz
Papelito