Cidade da Argentina quer maconha medicinal legalizada

WeedNews

hempadao 10 abril, 2016

É uma relação de alegria e tristeza ver boa parte da América Latina buscando superar o proibicionismo da maconha e o Brasil correndo risco de retrocesso neste campo. A última novidade vem direto da cidade de General La Madrid, na província de Buenos Aires, que, solicitou ao Congresso argentino a aprovação da descriminalização do cultivo e da produção de cannabis para usos terapêuticos. 

“Se chegou a um consenso coletivo que permitiu que o Conselho Deliberativo levasse um pedido ao Congresso”, disse à Agência Efe o prefeito de General La Madrid, Martín Randazzo. Para o prefeito, os políticos têm que “colocar-se nos sapatos dos que sofrem”. 

Na mesma entrevista o prefeito Randazzo deixou claro que pesquisou sobre o potencial terapêutico da maconha e citou alguns benefícios medicinais da planta, como alívio de dores e melhor controle do sono. 

A mobilização por lá começou Marcelo Morante, médico da cidade e professor da Universidade de La Plata, quando descobriu que a cannabis poderia ajudar sua irmã, que sofre de epilepsia refratária. Ele precisou ir até o Canadá para buscar o tratamento canábico. 

“Com muita emoção eu os vi muito interessados no tema, muito comprometidos. Estou realmente orgulhoso pelo modo como minha comunidade respondeu. Fui dar uma palestra no Congresso Nacional de Neurologia em 2015 e a sociedade científica se mostrou mais reticente”, comentou Morante.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina