Chegou a Hora: Marcha da Marola!

PotPoets

hempadao 8 maio, 2015

marchemos, doidões
não felizes como foliões
mas em fúria,

marchemos doidões
leves como a brisa
mas em luta

entrincheirados
contra olhares e câmeras
militaremos

não como militares
e seus canhões
mas em luto

pelos presos e mortos
da guerra às drogas
em massa

andar e empunhar
canções
cartazes,

desejos vorazes
urgentes
em coro

marchemos, doidões
aos milhares
em todas capitais

doidões,
considerados dependentes
em lutar pela paz

basta de guerra
chega de prensas
queremos nada mais

que o fim da ineficaz
guerra contra planta
e seus adeptos morais

marchemos doidões
em resistência
e sempre

todos os dias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina