Brasil x EUA: Confrontando realidades sobre o noticiário da Maconha!

Guerva

hempadao 30 julho, 2016

Que a gente está há anos luz de atraso em relação aos EUA a gente está cansado de saber. Mas tem uma forma clara de quantificar isso e mostrar, na prática, que a gente vive na idade da pedra da proibição. Basta um simples comparativo para detectar que tem algo errado na forma como tratamos a planta da linha do Equador para baixo. Analise conosco o noticiário sobre maconha em nosso país e no território do Tio Sam. Não tem como não achar a grama de lá mais verde e resinada que a nossa:

Já que é época de Olimpíadas e o espírito de competição está a flor da pele, vamos então lançar aqui uma modalidade. Já que a paz mundial é um desejo presente no coração de dez a cada dez pessoas, vamos analisar qual o noticiário que zela mais pelo fim da Guerra em seus territórios. Vendo as últimas 5 notícias de cada lugar, vamos comparar os conteúdos e gerar um placar onde quem pontuar mais ganha, evidentemente.

Então é como se fosse uma batida de pênalti. Se for gol, é porque o conteúdo é relevante, enaltecedor, informativo, mesmo que seja contra o uso da maconha. Chutar pra fora, bem… vocês vão ver o que é.

Começando pelos gringos… alternando as cobranças, ou melhor, as pesquisas, vamos lá:

1) EUA: Como a agricultura de maconha medicinal em Israel poderia ajudar indústria da Cannabis na Califórnia (e vice-versa)

Não precisa nem falar nada, pra todo mundo saber que essa notícia é um golaço, né. Israel e Tio Sam dando as mãos por um mundo melhor, sem proibição, com menos prisões e mortes sem sentido. 1 a 0 EUA.

 

1) Brasil: Polícia apreende 300 quilos de maconha dentro de veículo

Eu até entendo que algum proibicionista pode dizer que essa é uma excelente notícia. Mas até mesmo ele iria concordar que seria muito melhor se vivessemos em um país em que a polícia pudesse trabalhar com mais tranquilidade em assuntos mais sérios que o comércio de drogas. Num lugar em que cada vez menos pessoas se expusessem a esse risco. Em um país com cada vez menos (e não cada vez mais) pessoas presas só transportarem uma erva. Até mesmo muitos policiais sabem que é preciso acabar com essa política de enxugar gelo em que os traficantes presos são meros condutores de automóveis. A gente caçando enquanto eles estão incentivando. Esse chute saiu lá pela lateral. 1 a 0 ainda.

image

2) EUA: Eu fiquei doidão com uma Cheesecake de Blueberry e…

E no post eles ensinam como fazer. Quem sabe a gente não lança essa no Cozinherva. Comer ao invés de fumar maconha pode ser uma excelente opção para pacientes que optam por usar a maconha medicinal. Além de fazer usuários recreativos feliz, esse conteúdo pode salvar vidas. 2 a 0 EUA.

image

 

2) Brasil: Jovem de 21 anos é detido com maconha na zona rural de Vilhena, RO

Mano, sério… olha a quantidade apreendida! Pra quê essa matéria… Essa devia ser computada como gol contra. O rapaz foi liberado após assinar o termo circunstanciado. Valeu G1. Sensacional. #SQN. Segue o jogo… 2 a 0.

 

3) EUA: Elvis e Maconha: A Cannabis podia ter salvo o Rei do Rock and Roll?

Até quem não curte o som do cara tem que concordar que a notícia é interessante. Trata-se de um longo conteúdo sobre a vida do astro considerado o Rei do Rock. É cultura, informação e uma pitada de especulação sobre a vida de Elvis. Marola, não? 3 a 0, os gringos. Vamos lá, Neymar!!

 

3) Brasil: Polícia detém dois e encontra maconha e cocaína em táxi na RJ-116

Você pode até defender que quem seja pego com drogas tenha mais que mofar na cadeia. Mas o problema é que vivemos em um país em que, infelizmente, parece que esse 1,9 kg de maconha e 3,9 kg de cocaína seja mais pesado que aqueles 500 kg que voavam por cima de nossas cabeças. Como pode?

Pode porque o sistema está corrompido e só pega os peixes pequenos. Precisamos aprender a ser mais eficazes em políticas de drogas. Como tem cocaína apreendida, vamos dizer que essa cobrança bateu na trave, mas o teor continua de proibição, portanto é claro que não contabiliza gol nessa disputa. 3 a 0 ainda. Vamos para a quarta cobrança…

 

4) EUA: Veja como a Maconha no Alaska teve o cultivo caseiro legalizado

Enquanto aqui toda semana mais e mais pessoas são presas cultivando em casa, parece que pelo menos no Alaska a prática está sendo legalizada. O texto traz detalhes de como vai funcionar o cultivo caseiro de maconha, deixando claras as regras para adultos maiores de 21 anos que quiserem ter suas plantinhas do bem. Pra ser gol de placa só faltava ser aqui, mas não é. 4 a 0 eles.

 

4) Brasil: Taxista é preso transportando 5 kg de maconha em Vitória

Outro taxista… e os caras achando que inimigo é o Uber. Inimiga é a proibição. Ou você acha que nos EUA a maconha também não é transportada de lá pra cá por carros? Claro que é. A diferença é que lá a maconha é um produto como outro qualquer. O taxista de 29 anos e o carona não tinham passagem pela polícia, mas foram presos em flagrante. 5 kg de maconha apreendidos. Isso representa alguma evolução para o país? É triste que pessoas tenham suas vidas prejudicadas tentando fazer um dinheiro extra com o tráfico. Mas provavelmente o revendedor vai fazer um novo pedido para o fabricante e outra mula vai fazer o serviço. Assim segue a espiral trágica. 4 a 0, já perdemos, mas tem mais uma chance, vamos ver:

 

5) EUA: Dab podem ser mau para a saúde? Efeitos colaterais do uso de Concentrados de Cannabis

Mais um longo artigo com conteúdo especial. Mesmo que a conclusão fosse contrária a prática do uso recreativo do DAB, ainda assim o editorial é de valor e conta com uma bela contribuição para saúde dos usuários. É isso que deveríamos fazer com nossos usuários: informar e praticar a redução de danos. Não encarcerar e coagir através da brutalidade da lei. Vale a pena ler sobre os riscos…

Em determinado momento da história eles pararam de dar mídia aos casos de tráfico e perceberam que existe uma forma menos conflituosa de lidar com a planta. Por isso de 5 notícias analisas eles conseguiram produzir 5 bons conteúdos, enaltecedores, relevantes, ou no mínimo úteis para a sociedade como um todo. Até agora uma goleada. 5 a 0. E aí, será que vamos fazer pelo menos o de honra?

image

 

 

5) Brasil: Maconha é apreendida em Araruama, RJ, após troca de tiros, diz PM

Pra ser guerra de verdade tem que trocar tiros né. Nessa morrem bandidos, morrem policiais, morrem inocentes… morrem brasileiros. Tudo pra que no final das contas a apreensão seja de uma erva natural, que no outro hemisfério pode simplesmente ser tolerada e regulada. Será que a gente merece viver esse eterno retrocesso? Estamos preparados para isso? 5 a 0, o demonstrativo para por aqui. Mas a título de ilustração, vale dizer, se comparássemos as 10 primeiras notícias o placar seria dez a zero. Triste demais, não?



2 respostas para “Brasil x EUA: Confrontando realidades sobre o noticiário da Maconha!”

  1. Coxinhas_molóides_v_3 disse:

    Os coxinhas não só querem mais apreensões, na doce ilusão da purificação moral da sociedade; agora também estão apoiando Trump para presidente dos EUA (o Bolsonaro do norte).

    Aliás, equipe do Hempadão, poderiam ter feito um acompanhamento melhor sobre o debate da legalização entre os candidatos a presidente nos EUA. Tem gente (coxinha principalmente) que nem sabia que um dos principais candidatos democrata, Bernie Sanders, era explicitamente favorável a legalização em nível federal. E pior ainda, tem gente (coxinha principalmente) que nem sabia que esse mesmo candidato se auto intitulava “Socialista” (palavrão para os coxinhas, até mesmo os que se acham maconheiros).

    Melhor do que ficar divulgando o ridículo Mc Guimê e suas opiniões de m####.

    • Renan Garcia disse:

      Disse bobeira irmão, tem que divulgar matérias como a do MC guime sim principalmente se o cara tiver bastante influência social (seja quem for o influenciado), o menino num disse nada errante, ponto pro cara!
      Em relação aos “USA”, lá o jogo tá ganho fera!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina