Bolsonaro Jr. quer afastar Professor por Tatuagem Canábica!

WeedNews

hempadao 9 julho, 2017

É absurdo, mas não é difícil encontrar um maconheiro admirador da família Bolsonaro. Uma rápida pesquisa relacionando o nome desta família com maconha pode revelar uma chuva de declarações preconceituosas e ofensivas contra usuários da erva. Agora, eles querem até o afastamento de um professor por conta de uma tatuagem com a folha da cannabis.

Flávio Bolsonaro, deputado estadual no Rio de Janeiro, declarou que vai acionar o Ministério Público do Rio e a Secretaria Estadual de Educação para pedir o afastamento do professor Pedro Mara, que trabalha em uma escola pública na Baixada Fluminense, e possui uma folha de maconha tatuada no antebraço.

“Um professor é referência para os estudantes. Quando tem uma folha de maconha tatuada no antebraço, influencia os alunos a usar drogas. Ressalto que ele dá aula para menores de 18 anos”, declarou o filhote de Bolsonaro.

Em entrevista ao jornal O Dia, o professor rebateu a acusação. “Desconheço relação de tatuagem com apologia. Tenho tatuagem e milito na Marcha da Maconha. Promovo debates. Quando fala da minha tatuagem, o Bolsonaro joga uma cortina de fumaça nos reais problemas do ensino público do Rio. Fui eleito pela comunidade escolar com 408 votos para ser diretor, ” declarou Pedro.

A posição do Hempadão só pode ser uma. Estamos 100% ao lado do professor Pedro Mara e 100% contra a as bostejadas da família Bolsonaro. Não é uma tatuagem que vai definir o caráter ou a qualidade da aula do professor.

Caro, Pedro Mara: receber uma crítica escrota de um membro desta família deve ser encarado como elogio. Continue do lado do bem!



2 respostas para “Bolsonaro Jr. quer afastar Professor por Tatuagem Canábica!”

  1. Eduardo disse:

    Não me considero nem de esquerda, nem de direita.
    Não concordo com essa atitude do filho do Bolsonaro, acredito que uma tatuagem não influencia em nada, eles são realmente contra a planta de uma maneira besta.

    Porém em outros pontos acho o Bolsonaro de certa forma coerente, mesmo assim acho que não votaria nele por ser de extrema direita.

    Todo extremismo é doentio.
    Agora acho que seria mais benéfico e justo, deixar a opinião política de lado quando um redator for escrever um artigo nesse site.

    A Cannabis é uma planta pra todos, não deve ser associada/limitada a uma ideologia política.

    O autor desse texto ja começou mal no meu ponto de vista, quando no inicio do texto já critica maconheiro que se identifica com algo do Bolsonaro.
    Sejam mais imparciais por favor.

  2. didihemp disse:

    e cade a tatuagem ? aquilo ali eh folha de mamona…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina