Argumentos da Guerra contra o Preconceito!

Caos in Casa

hempadao 1 abril, 2013

O amigo leitor desta semana começou a a fumar quando quando tinha 20 anos. Normalmente a fumaça subia dentro de casa, na companhia de dois irmãos (uma mais velho e outro mais novo) quando os pais estavam fora.

Certo dia ele estava sozinho em casa e resolveu queimar um fino para abrir o apetite e relaxar. Por azar, os pais chegaram antes do previsto e foi preciso correr para apagar a baga e esconder o flagrante. Mas infelizmente a marola que tomava conta do ambiente tratou de explanar tudo.

Inicialmente a mãe achou que era coisa do irmão mais novo (já explanado), mas como o amigo estava sozinho em casa a culpa logo caiu sobre ele. A decepção da coroa era evidente.

A temida conversa só começou dois dias após o baque da marola na sala de casa. A mãe veio com argumentos proibicionistas, dizendo que a maconha era coisa de marginal. Ele respondeu dizendo que a erva não atrapalhava sua rotina, enfatizando sobre o estágio que tinha conseguido e as boas notas na faculdade.

"Aparentemente ela refletiu mais, e percebeu que o filho não estava no"temível caminho das drogas". Com o tempo o ambiente foi ficando mais tranquilo dentro de casa. Agora fico mais tranquilo, pois não tenho mais que mentir e também vejo que não tinha nada a esconder."

Envie seu relato para o CaosInCasa: redacao@hempadao.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina