Anvisa adia decisão sobre legalização do CBD

Hemportagem

hempadao 30 maio, 2014

Hoje poderia ser um grande dia para a história da legalização da maconha no Brasil. Na manhã desta quinta-feira a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reuniu para debater sobre a inclusão do canabidiol (CBD) na lista de substâncias de uso proscrito e entrar para a lista de substâncias de controle especial (comercializado com receita médica de duas vias).

reuniao-anvisa

Entretanto, um dos diretores pediu vista do processo, o que significa que a discussão foi adiada para uma sessão posterior, que deve ocorrer a partir do final de julho, em data ainda não definida pela Anvisa.

O desfecho da reunião decepcionou familiares de pacientes beneficiados pelo CBD e ativistas que acompanharam a reunião na sede do órgão, em Brasília. "O nosso sentimento é de muito pesar, a gente está triste, decepcionados. Não há motivação para a Anvisa demorar tanto para tomar a decisão. No tempo da Anvisa está a saúde da nossa criança," declarou Norberto Fisher.

Katiele Fischer e Noberto Fisher, pais de Anny, de 6 anos, portadora da síndrome CDKL5 assistiram à sessão. A doença genética, que provoca deficiência neurológica grave e convulsões, tem como alternativa de tratamento um remédio à base do canabidiol. “Eu queria ver se fosse a filha deles que tivesse 80 convulsões por semana, se eles iriam pedir tempo para analisar", disse Katiele, depois da decisão pelo adiamento.

A morosidade do poder público só reforça a importância da mobilização destas famílias na luta pela legalização. Este ano já tivemos momentos em emocionantes com a presença do bloco medicinal nas Marchas de São Paulo e Rio de Janeiro. Continuar na rua, vestindo a camisa do ativismo, será fundamental para a nossa vitória.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina