Ana Maria, 20 anos, SP [Candidata 004 – Miss Marijuana 2013]

Miss Marijuana 2013

hempadao 8 novembro, 2013

1) Nome, idade, estado onde mora.
Ana Maria, 20 anos, moro em São Paulo


2) Por que você acha que a maconha foi proibida?
Eu acredito que o berço do proibicionismo tenha sido a perseguição e repressão a determinados povos, e que por fazerem o uso cultural da cannabis foram condenados pela lei, como os americanos condenaram os trabalhadores imigrantes mexicanos e também como os colonizadores do nosso país fizeram com os escravos africanos, proibindo o “pito”.

3) Trabalha ou estuda? Qual sua área de atuação?
Eu faço Biblioteconomia e Ciência da Informação na Universidade Federal de São Carlos. Quero atuar na área de organização e promoção de eventos culturais em Bibliotecas ou Centros Culturais.

 

4) Qual a sua opinião sobre a legalização da maconha no atual contexto político-social nacional?
Na minha opinião é de necessidade imediata a legalização da maconha no Brasil.

Em primeira estância deveria ser regulamentado o cultivo caseiro de Cannabis, que beneficiaria os pacientes da erva medicinal, pois não seriam mais considerados criminosos pela lei vigente, por plantarem o próprio medicamento. E quanto aos meios de distribuição, os usuários teriam acesso a substâncias mais puras e controladas, e iriam contribuir com uma indústria legal que geraria tributos ao governo e consequentemente combateria o tráfico ilegal.

5) Como você gosta de gastar a onda?
Eu gosto de passar minha brisa preparando solo para o meu jardim, gosto de ficar com meu namorado, com meu cachorro Cervantes, gosto de viajar nas laricas e cozinhar coisas novas e ler um bom livro como “Drogas e Cultura: novas perspectivas” da EDUFBA ou pesquisar por novas informações canábicas no blog do Hempadão, no Forúm do Growroom, nos vídeos da High Times, dos Strain Hunters, no site da SemSemente, além das outras fontes.

6) Uma boa música para ouvir chapada:
Real Ting – Mad Lion

Muderer – Barrington Levy, ou apreciar um álbum nacional de alta qualidade dos nossos irmãos do Cidade Verde Sound System!

DSC00265 (1)7) Por que você quer ser a Miss Marijuana 2013?
Além de querer expandir meus contatos com as pessoas que estão a frente do ativismo pela legalização da Cannabis no país, quero talvez daqui 30 anos olhar para o passado e poder recordar as ações e rolês pela militância canábica, e acho que o Miss Marijuana seria uma participação marcante durante a caminhada pela liberdade da erva.
E também não vou negar que o vaporizador Ultravap e o bong de vidro de três passagens de água são muito atraentes e fazem qualquer maconheira tímida sair do armário!

8) Qual sua opinião sobre as outras drogas?
Não tenho o envolvimento que tenho com a Cannabis com nenhuma outra droga. Mas sou a favor do respeito individual do ser humano, por isso acho que a regulamentação deve ocorrer com todas as drogas, porém cada uma com suas especificidades de acordo com suas características.

9) Se pudesse escolher, moraria no Uruguai, na Holanda ou prefere esperar o Brasil legalizar?
Se pudesse escolher já estaria morando no Uruguai com seis pezinhos de strains diferentes regulamentados no quintal. Acho que o Uruguai seria a melhor opção, pois já poderia usufruir da legalização da Cannabis e não estaria tão distante dos meus conhecidos e nem me afastaria tanto da causa pela legalização no Brasil.

10) Há quanto tempo acompanha o Hempadão e o que mais gosta no blog?
O que mais gosto no blog é a possibilidade de comunicação entre as pessoas que estão envolvidas na luta pela regulamentação da erva. Acompanho as postagens do Hempadão, aproximadamente desde março de 2012.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina