Ainda sobre LSD ou NBOMe… [Portas da Percepção #244]

Portas da Percepção

hempadao 1 novembro, 2013

{jcomments off}
Parte UM

Galera, vamos continuar hoje nossa discussão sobre a família NBOMe, que tem sido muitas vezes vendida como LSD no Brasil e em vários países do mundo. Para tal discussão, bastante inédita em português, e que tem circulado tipicamente em língua inglesa e em fóruns, convidei um grande conhecedor dos psiquedélicos para fazer um post aqui no Hempadão – na coluna Portas da Percepção. Trata-se de Wslex David. O texto dele segue abaixo e fica para apreciação de todos.

 

Já há algum tempo os blotter que giram em torno do mercado negro mundial têm sido alterados, existe uma constante mudança em relação às substâncias adicionadas aos blotters; uma substância em especial tem ganhado a atenção de especialistas e pesquisadores e até usuários das famosas drogas sintéticas. .Essa série/classe de substâncias se chama NBOMe a mais comum utilizada na adulteração é a 25I-NBOMe que é um derivado de Feniletilamina sintetizada em 2003 por Ralf Heim em uma Universidade de Berlim e atualmente acreditamos que está sendo estudada por David Nichols, pioneiro nesses tipos de pesquisas na área de farmacologia. Acredita-se que a série NBOMe principalmente a 25I tenha caído no mercado negro em 2010, então podemos afirmar claramente que é uma substância da qual ainda não temos informações precisas dos danos ao longo prazo isso é o que vem preocupando os usuários por dentro do assunto… Em conversa com alguns usuários de diferentes partes do país e também de outras nacionalidades as críticas em relação a NBOMe são altas, alguns relatam que os efeitos são meio ”paranoicos” em relação a confusão mental, que é bastante grande e chega a causar náuseas .25I-NBOMe age de imediato sobre o receptor 5-HT 2A que pertence ao receptor de serotonina e tem um efeito inibidor sobre o Córtex orbitofrontal que é uma região do cérebro que está envolvida no ‘cognitivo’ de processamento de tomada de decisões, com a carga totalmente elevada passando pelo 5-HT 2A e a serotonina (5-HT), alterando-os rapidamente, poderia ser essa uma das principais causas das confusões mentais causadas pela substância; então uma atenção redobrada e o investimento levado a sério em relação ao local da trippy entres outros modos de prevenção é mais do que importante. 5-HT 2A está ligado também o Córtex visual é a parte do córtex cerebral responsável pelo processamento de informação visual que por sinal nessa variação da série NBOMe a 25I-NBOMe tem bastante influencia pelos relatos de trippy de vários usuários ao redor do mundo, sempre com visuais intensos.

Tenho acompanhando  algumas pesquisas, relatos e informações variadas sobre 25I-NBOMe e a real forma de identificar seria com a utilização de um test-kit porém boa parte dos usuários e pesquisadores acredita que ela já tenha chegado ao nosso país a um bom tempo e realmente boa parte dos blotter’s em circulação não são LSD são relatos como tendo sabor amargo e como boa parte das pessoas por dentro do assunto tem se informado o LSD em sí não tem sabor algum. Tenho me deparado com diversas publicações informando que 25I-NBOMe (em série) é uma substância amarga e dependendo de dosagem para deixar a sua língua totalmente dormente, 25I-NBOMe é uma substância muito barata então o mercado negro não vai hesitar em adicionar alta dosagem nesses blotters; a segurança deve ser redobrada em relação ao LSD que seria uma substância com um teor de segurança gigante em relação aos NBOMe, porém eu posso afirmar que o LSD tem se tornando uma substância rara no mercado negro atual e dia-a-dia vem sido substituída por essas novas substâncias, sua atenção deve ser redobrada se optar usar. Ao redor do mundo NBOMe tem causado diversas mortes sejam elas de overdose ou até suicido (acredito eu, que seja em relação a confusão mental) a vontade de se livrar da trippy, mas apesar de boa parte dessas mortes serem relacionadas a substância em pó, pelo que tenho notado, ela é bem mais encontrada em blotters. Esperamos ansiosamente o pronunciamento de David Nichols em relação aos danos de longo prazo causados pelo 25I-NBOMe, se existem ou não existem danos. É correto informar que as pesquisas não estão seguindo porque 25I-NBOMe, assim como todo a série NBOMe, são substâncias proibidas então eles teriam um pouco de dificuldade para obter permissão para voltar as pesquisas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina