A Proibição é uma Droga!

Aspilão

hempadao 4 setembro, 2013

“É preciso drogar a proibição. Legalizar as drogas me soa tão disparatado como legalizar o gosto pela pintura, passear ou ler. Não se pode legalizar uma atividade humana que é um direito civil imemorial.”

Antonio Escohotado, ensaista

na Carta Capital



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina