A Miss Marijuana 2014 é a… Juliana!

Adão e Erva

hempadao 31 dezembro, 2014

Acabou! Nenhuma das concorrentes é melhor que a outra. Esse é o Miss Marijuana: escolhemos quem representa nossa causa. Muito dificilmente um concurso de Miss poderia causar tanta alegria e mobilização. A julgar pelo nome, muita gente rejeita e até sabota a ideia do evento. Mas a verdade é que o nosso Miss é mais um dos tantos trocadilhos que tem no Hempa. Brincar com palavras, causar curiosidade, fazer o diferente, todos são ingredientes que usamos no blog desde que ele nasceu.

ju miss

Esse ano foram 68 candidatas. Um exército de mulheres dispostas a botar a cara e reinvindicar o direito legal de fumar e de representação social das mulheres que usam a erva. Todas estão de parabéns e nós, leitorxs e organizadorxs do blog, somos fartamente agradecidos pela coragem e astúcia de vocês, afinal, quem não sabe o peso do estigma da marola?

A final foi composta por uma maioria de concorrentes que não ratificaram exatamente padrões de beleza estabelecidos da indústria cultural, mas o que realmente ganhou o concurso foi, de fato, a beleza. A beleza de viver, lutar, resistir. É com um orgulho imenso que anunciamos a vitória apertada (2×1), da Juliana! Candidata representante de SP e que é usuária de maconha medicinal.

Na votação do Facebook a candiata Francis venceu. No instagram a diferença de votos foi grande e deu Juliana. A disputa ficou na mão da galera e você decidiram, através do hotsite…

Então é isso! Quem vai visitar o Uruguai é a Ju. Além disso ela vai receber em casa a premiação de cada um dos anunciantes do hotsite. E o presente surpresa é que esse ano a faixa da Miss Marijuana será feita de cânhamo, a substância mais resistente do planeta! O Miss Marijuana, tão reprimido e ignorado pela militância nacional, escreve na história um roteiro de filme, ou no mínimo um delicioso capítulo na nossa história.

Obrigado toda galera que curtiu, votou ou ainda que conheceu o Hempadão através do concurso. Somos um blog de entretenimento e informação sobre maconha. Trabalhamos todos os dias para diárias laricas de informação. Estamos no ar desde 2009 e… a gente faz barulho! Juliana, parabéns! Montevideo te aguarda e, quem sabe a galera que te elegeu e até a nossa equipe, não embarcam juntos?

Você já conhecem, mas não custa registrar. Seguem as fotos e perfil da vencedora!

concursomiss juliana_molás

concursomiss juliana_molás4

concursomiss juliana_molás2

Nome, idade, estado onde mora:
Juliana Molás, 26 anos, São Paulo
O que você faz? Trabalha ou estuda? Qual área de atuação?
Bióloga de formação, estudante de antropologia.

Qual sua opinião sobre a proibição da maconha?
Acredito que o proibicionismo gera guerra, guerra gera vitimas.

O que você acha sobre a legalização da maconha medicinal no Brasil?

Em março de 2014 fui diagnosticada com um câncer agressivo de mama e então submetida ao tradicional tratamento de quimioterapia. Os efeitos colaterais das drogas prescritas pelos médicos vão desde queda dos cabelos, esterilidade, até paralisação de membros e falência de órgãos. Mesmo com os riscos destes fármacos convencionais e com outras possibilidades de tratamento descritas em pesquisas, nenhum medico que tive oportunidade de me consultar, aceitou sequer debater alternativas para o controle da doença. Os efeitos mais preocupantes que vivo são: diminuição da imunidade devido à supressão de glóbulos brancos, perda de apetite, náuseas e vômitos. Aderi o uso da maconha como tratamento e fumando essa planta sinto fome, ao me alimentar as células de defesa do meu organismo ficam nutridas, consequentemente aumentam minhas chances de sobrevida e meu corpo aguenta para a próxima dose de químicas. As contrações do meu estômago diminuem e as náuseas cessam. Além claro, de ajudar-me a dormir, pois a insônia é severa. Sinto-me criminosa quando estou com a maconha na minha bolsa ou quando procuro um algum local para fumar , é angustiante acender o cigarro de Cannabis com medo de que um policial a qualquer hora pode me enquadrar, me revistar violando minha propriedade do corpo, me fazer assinar uma contravenção; tudo porque minha medicina real não é legalizada, porque eu quero passar por um tratamento bizarro com um pouco mais de paz…

Quais os últimos três livros que você leu? Diga brevemente o que achou de cada um…
Caninos Brancos – Jack London, metáforas da vida de um canídeo metade lobo metade cão domesticado que vive a loucura de querer ser livre seguindo na floresta e querer estar preso aos cuidados do conforto da vida domestica. (super indico!)

Agricultura Natural – Hirosho Seó, métodos de agricultura e meditações caseiras e simples para o cotidiano.
Delirio cotidiano – Charles Bukowski, crônica autobiográfica que descreve o cotidiano marginal nos EUA.

Você é usuária de maconha? Como se dá sua relação com a erva?
Sim, minha relação com a maconha é muito harmoniosa.

Por que você quer ser a Miss Marijuana 2014?
Desmistificar o uso da erva, estimular as pessoas admitirem que consomem a planta e principalmente militar por uma regulamentação do uso no Brasil. Em 2014 me aproximei muito mais dos estudos sobre a maconha por causa do câncer que me surgiu, acho importante despertar o interesse pela informação e disseminá-la.
Gostaria que as pessoas olhassem para maconha além do preconceito embutido por décadas do mito que é uma droga do “mal”, trata-se de é uma planta fantástica que possibilita seu uso em varias esferas desde industriais, energéticas, medicinais, religiosas e também recreativas.

Parte do movimento feminista acha que o Miss Marijuana é um concurso machista, o que você acha disso?Ainda bem que os movimentos se repartem e que cada um tem liberdade de expressar o que incomoda, cabe a todos ouvir e expor, mudar de opinião quando necessário seja lá de qual lado você está.

Críticas fazem parte to crescimento de todos.

Se tivesse que escolher uma música para ouvir sempre na hora fumaça, qual seria?

Nina Simone Feeling Good

Já conhecia o Hempadão antes do concurso? Se sim, desde quando? O que mais gosta no blog?
Sim, há alguns anos. REeDUCAÇÃO.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina