A maconha virou produto do capital! Caminho sem volta?

WeedNews

hempadao 13 novembro, 2016

Com o mapa dos Estados Unidos cada vez mais verde-cannabis, empresários de diferentes ramos estão de olhos e bolsos abertos para o que era a “erva do diabo”. A Constellation Brands, gigante do álcool que vende a cerveja Corona e a vodca Svedka, planeja lançar uma bebida com maconha em breve. 

manufacturing-marijuana-steps-step-4

“Estamos analisando isso. Algumas bebidas alcoólicas também vão conter cannabis”, disse Rob Sands, diretor executivo da Constellation, em entrevista para a Bloomberg News. O empresário também comentou sobre o interesse de grandes empresas em controlar o mercado canábico. “Se houver muito dinheiro envolvido, isso não vai ficar para pequenas empresas familiares,” declarou Sands.

Um exemplo desta atuação do grande capital são os movimentos da Scotts Miracle-Gro, que vem comprando pequenas empresas que fabricam fertilizantes, luzes e outros equipamentos para cultivo. A unidade de hidropônicos da empresa agora gera US$ 250 milhões em vendas anuais. 

Na ordem de funcionamento do capital será quase impossível evitar a formação de poucos gigantes da indústria canábica, controlando a maior parte da maconha vendida legalmente. Pequenos produtores provavelmente não vão resistir, mesmo oferecendo uma erva de melhor qualidade. 

Felizmente a maconha proporciona a possibilidade do cultivo caseiro para o usuário. Por isso, o direito de ter as próprias plantinhas deve ser inegociável em qualquer proposta de legalização no Brasil.



Uma resposta para “A maconha virou produto do capital! Caminho sem volta?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina