A Linha Burra do Proibicionismo da ONU!

Hemportagem

hempadao 27 junho, 2013

Todos os anos a ONU divulga um relatório sobre o consumo de drogas no mundo e todos anos eles reforçam a tese de defesa do proibicionismo, apesar dos dados indicarem o aumento do consumo de algumas drogas e o evidente fracasso desta política.

No Brasil a pesquisa apontou um aumento do consumo de maconha e cocaína, enquanto a Argentina (que descriminalizou o porte de drogas) manteve o mesmo índice da pesquisa anterior, feita em 2005. Nos maiores centros consumidores de drogas do planeta, a América do Norte e a Europa, os índices ficaram estáveis.

 

“Esse crescimento no Brasil pode ser atribuído em parte ao aumento da preferência pelo uso da cocaína especialmente por jovens de centros urbanos, como também à maior disponibilidade da droga ligada ao aumento do tráfico via os países do Cone Sul”, disse à assessoria de imprensa da UNODC à BBC Brasil.

Felizmente a ONU não ignorou o crescimento do consumo daquelas drogas comercializadas legalmente em qualquer farmácia, e que podem ser pior que aquelas vendidas por traficantes. “O uso indevido de sedativos e tranquilizantes é particularmente preocupante, considerando-se que mais de 60% dos países analisados no relatório indicam que esses remédios fazem parte dos três tipos de substâncias consumidas com maior frequência”, afirma a UNODC.

Está claro que a maconha e a cocaína estão longe do posto de drogas mais consumida. Precisa dizer que é o Rivotril?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina