A importância o período escuro durante a floração da cannabis

Cultivo Vital

hempadao 16 março, 2014

por Sergio Vidal

Antes de entrar no texto dessa semana, queria aproveitar o espaço que a galera do Hempadão me cede com tanto carinho para divulgar meu novo projeto, que é a campanha por uma nova tiragem do livro Cannabis Medicinal Introdução ao Cultivo Indoor. Eu publiquei esse livro em 2010, porém há quase 1 ano não tenho ele em estoque e não consegui recursos para imprimir uma nova tiragem de forma independente. O Catarse recebeu de forma muito positiva o meu projeto de crowdfunding para essa nova tiragem e desde o dia 10 estamos captando doações. Após o sucesso do projeto, quem doa R$ 15,00 pode retirar o livro em um dos pontos de distribuição (por enquanto em RJ, SP, Poa, Ssa, Aju e BH) e quem doa R$ 25,00 receberá o livro em casa! Têm várias outras opções de ajuda e quem não pode ajudar com grana pode ajudar com a divulgação, que é fundamental também. VEJA!

Pronto, agora vamos falar do cultivo da sagrada maria. Essa semana vou dialogar com um leitor que está com uma dúvida a respeito das suas plantas que estão florindo. Ele enviou mensagem pelo email do Hempadão:hempadao@gmail.com

"Fala ai Vital,

Estava pesquisando sobre florescimento no rio de janeiro (sobre as estacoes), e vi no hempadao voce tirando uma duvida do pessoal la.

Entao, eu tenho algumas plantas, que plantei no final do ano passado, a mais antiga foi no mes nove, e depois outra no mes 10 e as outras um pouco depois.

A que plantei no mes 09, ja esta florecendo, só que nao esta me parecendo um bom florescimento, ja que os buds estao crescendo devagar, e ja estao ficando com os "strains" amarronzados (ambar).
Sendo assim, uns marrons, outros novos branquinhos, e nao sei o que fazer…

O ideal seria 12/12, mas estao no outdoor e nao consigo colocar-las na escuridao 12 hrs

Segue no anexo, a foto de um clone que eu fiz dessa planta mais velha. Q esta ate cm budzinhos mais densos que os da "mae".
(Ela estava em um vaso pequeno e eu fiquei um mes fora, e elas meio q nao foram cuidadas direito) por isso esta pequena assim.

Resumindo minha duvida:
Isso é normal?
Os buds irão crescer?
Fudeu mesmo?

Estou no aguardo aqui
Abracos e obrigado!"

Sugiro a todos que querem saber mais a respeito da floração da cannabis que leiam outros artigos anteriores sobre esse tema, como os links que sugiro abaixo:

Quais cuidados devo ter durante a floração?

Preparando o jardim para a floração.

Nesses artigos, entre outras coisas, explico de forma simplificada qual a importância e como funciona o foto período nas plantas de cannabis. Hoje vou falar um pouco mais sobre esse fenômeno. Como já falamos em outros artigos, a planta de cannabis só inicia a floração quando ela identifica a chegada do inverno. Os cultivadores convencionaram que para reproduzir a chegada do inverno em estufas indoor a melhor estratégia é submeter a planta ao regime de luz de 12hs ininterruptas de luz (dia) e 12hs ininterruptas de escuridão total (noite). Algumas variedades de maconha têm facilidade de entrar em floração mesmo que seja lhes dado um regime de luz maior do que 12hs diárias, mas isso depende das características genéticas de cada planta. A maioria vai melhor quando lhes é dado o regime de 12hs de escuridão total e por isso foi convencionado que esse é o ponto ótimo para a maioria das variedades.

Aparentemente sua planta está tendo dificuldades para engrenar a floração por conta dos dias alongados do verão, mas ela também pode estar sofrendo por que recebe poucas luminosidade. Na sua mensagem você não descreveu se a planta está recebendo muita ou pouca luz, nem quantas horas de luz de incidência direta ela recebe por dia. Esse é um fator fundamental para que a planta floresça de forma abundante e com saúde. A planta precisa receber luz 12hs seguidas, quanto maior a quantidade de luz de incidência direta, melhor, apesar de que, como tudo, esse aproveitamento tem um limite. Quanto menos luz a planta receber, menos energia luminosa terá para realizar seus processos naturais que irão resultar em maiores quantidade de inflorescências. Se a planta não receber a quantidade de luz suficiente terá um floração medíocre, não desenvolvendo bem suas flores e ficando abaixo do seu real potencial genético.

Do mesmo modo se a planta não recebe um período de escuridão adequado ela terá dificuldade em iniciar ou manter a floração. O ideal é observar o ambiente e corrigir qualquer vazamento de luz que esteja prejudicando e encurtando o período de escuridão. Lâmpadas de poste de iluminação pública podem muitas vezes atrapalhar cultivos em ambientes exteriores. A planta de cannabis tem fito cromos que reagem ao aumento do período de escuridão. Quanto a planta é exposta a mais de 5 dias consecutivos no qual as noites tenham ao menos 12hs de escuridão total elas entenderão que é chegado o inverno e que é preciso começar a florir.

Em países localizados em regiões do planeta distantes da linha do equador as plantas irão florir apenas no inverno e durante o verão elas jamais irão florir. Já em regiões próximas do equador, as plantas podem florir o ano inteiro, pois mesmo no verão o dia não terá muito mais do que 12hs, o que é o suficiente para desencadear o processo na maioria das variedades. Em cultivos em regiões do planeta longe do equador é possível florir no verão apenas usando a estratégia de completar o período de escuridão, cobrindo a planta com uma lona preta ou usando alguma outra estratégia que a mantenha no escuro total até que o sol se ponha. Alguns cultivadores chegam a fazer o trabalho extremo de todos os dias tirarem a planta em um horário determinado e guardá-las em um quarto ou armário fechado, vedado contra luz, até que o sol vá embora. Quando a noite chega, eles desligam totalmente as luzes da casa e levam as plantas novamente para o quintal. Esse é um cuidado que deve ser tomado porque qualquer exposição mínima à luz durante o período de escuridão pode desencadear problemas.

Mais uma vez espero que tenham gostado do texto e, principalmente, que ele tenha ajudado a esclarecer mais a respeito da natureza da cannabis e do seu cultivo. Enviem suas mensagens, críticas, etc e, principalmente as dúvidas, preferencialmente com fotos, para o e-mail: hempadao@gmail.com

Até semana que vem! namaste!

Consulte outros artigos sobre cultivo: Clique Aqui  e aqui

*Antropólogo, Redutor de Danos e Cidadão Ativista engajado na construção de um Brasil com leis e políticas públicas sobre maconha e outras drogas mais humanas e eficientes.



2 respostas para “A importância o período escuro durante a floração da cannabis”

  1. Douglas disse:

    A luz da lua interfere na flora?

  2. Jacqueline disse:

    Continue postando coisa IMPORTANTES ………

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina