A campanha anti-maconha que virou piada!

Chapa2

hempadao 16 setembro, 2014

por Tales Henrique Coelho

Antes do "blackout" do Hempadão, na minha última coluna, falei sobre a possibilidade de um plebiscito pra decidir sobre a Legalização da maconha no Brasil. No texto eu dizia que uma votação sobre a cannabis iria mobilizar campanhas milionárias fortíssimas pela proibição, e que provavelmente não teríamos muita chance.

Acontece que logo depois desse texto foi lançada uma campanha que dá até esperança de vitória nossa no caso de um plebiscito sobre a Maconha.

Todos devem ter visto a campanha que virou piada, de um tal de movimento "Droga de Maconha", contra a legalização, que tem o apoio do Sindicato dos Médicos do Ceará. (Eles até falaram que não apoiam assim, pra valer. Mas cederam espaço pra um evento e tem o nome deles no cartaz, né?!).

A peça mais famosa da campanha tinha a frase que já virou um clássico: "Você teria coragem de ser operado por um médico que acabou de fumar um baseado?"

Eu nem vou gastar minhas preciosas linhas rebatendo um argumento desse tipo. Até meu cachorro deve conseguir argumentar melhor. Aliás, a zoeira sem fim da internet se encarregou de destruir a propaganda.

A zoação foi tanta que até o site e a página do Facebook da campanha foram deletados, porque os administradores não aguentaram tanta gente rindo da cara deles.

Porém, se a "qualidade" dessa campanha nos anima, por vermos o nível de argumentação dos proibicionistas, deve ligar também uma luz de alerta. Isso mostra como eles estão dispostos a usar das táticas mais esdrúxulas para propagar o medo contra a legalização.

Talvez tenha sido sorte nossa o fato dessa peça ridícula ter sido lançada primeiro no Facebook, onde o pessoal não perdoa. Mas se fosse algo parecido em forma de panfletos distribuídos em locais onde a informação não chega com tanta facilidade, o estrago poderia ter sido maior. Como já vem acontecendo há anos, aliás.

Essa é a arma dos proibicionistas: intolerância, ignorância e preconceito. O problema é que muita gente no Brasil ainda acredita em "argumentos" quase tão risíveis quanto o do médico maconheiro.

Eu mesmo dou risadas sempre que escuto alguém falar que a maconha prejudica o desempenho intelectual das pessoas. Mas quantas vezes a gente já não escutou isso?

Que a zoeira destrua muitos outros mitos sobre a Legalização!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina