6 prisões Idiotas por Maconha nos EUA – Errando que se Aprende!

TopGanja

hempadao 27 janeiro, 2014

smoking-weed-driving-elite-daily1Um conselho que um velho maconheiro te daria, se pudesse: lembra-se sempre que fumar maconha ainda é crime, ou contravenção, portanto, não acumule outras situações de risco sob pena de potencializar os danos. A forma mais comum de se fazer isso é: fumar e dirigir. Fumar um baseado tem uma tipificação, fumar um ao volante tem outra. Não só perante a lei, mas a tantas situações do cotidiano que só mesmo uma lista para provar… porque você não deve dirigir na marola e claro, como não arrumar problema no trânsito sob influência da fumaça! Veja só, histórias verídicas que compõem a lista das prisões mais estúpidas do ano passado:

#6– Fale a Verdade!

Na Geórgia uma jovem foi parada numa blitz. O policial sentiu o cheiro no carro e perguntou se ela tinha algo ilegal. A moça respondeu que tinha acabado de fumar tudo. Como ela admitiu que tinha algo ilegal, o guarda achou que cabia uma revista. Puto de ter achado pouco mais de um grama de maconha escondida, a história rendeu um ano de prisão.

#5 – Fique Ligado ao Redor!

Esse Tomazinou! Diretamente de New Jersey, Mateus estava fumando no carro, de madrugada, em uma bela noite de verão. Um carro da polícia parou do lado. Chapadão, ele nem percebeu; e na tentativa de jogar a fumaça pra fora do carro, mandou a marola pra dentro da viatura. Foi prontamente preso. Não só pela fumaça, certamente, mas por estar ao volante.

#4 – Não compartilha, não passa, não vende!

Em Connecticut um rapaz dirigia seu carro velho sem registro e sem seguro. Quando foi parado numa blitz, a polícia encontrou com o jovem dois gramas de maconha, um bong e um dichavador. Eis que o cara tem a genial ideia de dizer aos guardas que ele iria vender os itens para uns amigos. Acabou preso não só por posse, mas também por venda da droga.

#3 – Evitar Explanações; Conter os amigos Sequelas; Não portar Flagrante em Ocasiões desse Tipo:

Essa vale por três recomendações: Mais uma vez em New Jersey, quatro amigos foram parar atrás das grades por pura besteira. Um deles precisava pegar uns documentos de um carro apreendido na delegacia e foi acompanhado de outros três sequelas. Enquanto um foi lá dentro os outros resolveram torrar ali mesmo, no pátio da instituição, porque não?! O que tava lá dentro não escapou pois também portava a erva.

CopWithWeed#2 – Não Enfrente a Autoridade!

Mesmo onde a erva é legalizada, muita gente ainda é presa por portar ou ainda vender a droga. Kevin Bourque, da Califórnia, acelerou ao ver a ordem de parada do Xerife na rodovia. O doidão chegou a botar 80mph quando o máximo permitido era 60. Quando a polícia o pegou, encontrou dentro do carro um quilo de maconha e um livro com anotações das vendas. A perseguição seguida do flagrante resultou em uma visita à casa dele, onda a polícia encontrou 29 quilos do green e ainda 500 plantas!!

#1 – Não ande sem Documento; Não explane nem mesmo dentro de casa

Jonathan Moreno também tinha seus paranauê com a venda da ganja. Mas rodou de forma muito inusitada – ou não. Estava estacionado com seu Toyota 2005 durante a noite quando a polícia deu uma batida sob suspeita de furto do automóvel. Ele tinha os documentos para provar que o carro era dele, mas estavam em casa. O bacana convidou os oficias a irem lá e quando chegaram logo avistaram uma pequena porção de maconha e um pipe. Isso levou os guardas a uma busca minuciosa quando encontraram então seis quilos de maconha e um total de vinte e sete mil dólares em verdinhas.

Nos dois casos top da lista, a polícia prendeu grandes traficantes por mera sorte e sequela dos comerciantes. É fácil julgar, mas também é quase impossível não sequelar durante uma vida inteira. Por isso o melhor é não se arriscar. No trânsito tem uma regra: quem bate na traseira está errado. Mas no caso de você estar chapado, pode ser que tudo mude. Se o careta acerta sua traseira e percebe que você estava fumando, meu amigo, certo de que você arrumou um problema, mesmo que você não tenha tido nenhuma culpa. Por isso, toda atenção é pouca. Ao acender, procure fazer  só isso.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina