3 Dúvidas de Cultivo dos Leitores do Hempadão!

Cultivo Vital

hempadao 25 maio, 2015

 

Por Sergio Vidal Sergio Vidal, Presidente da Associação Multidisciplinar de Estudos sobre Maconha Medicinal
e autor do livro "Cannabis Medicinal introdução ao cultivo indoor"

Para saber mais sobre o tema, conheça o livro Cannabis Medicinal Introdução ao cultivo Indoor. Também é importante consultar os artigos anteriores, que tratam de diversos temas relacionadas com essas dúvidas.

Essa semana recebemos uma série de dúvidas básicas e optamos por respondê-las em sequência, indicando outros links de artigos já existentes sobre os mesmos temas. Então, vamos às dúvidas:

Leitor 1:

“Eae pessoal do hempadão, tudo bem?
Li o texto de vocês sobre qual a hora certa de colher, vi as imagens e fiquei com algumas dúvidas, espero que possam me ajudar.

A minha sativa esta com vários buds, porém alguns estão em estado "pré-flor" outros "estagio inicial" e outros nos estágios finais, não sei como colher… Acho que por conta da falta de sol dos últimos dias os buds ficaram pequenos e em estágios diferentes… Colho agora? Espero a próxima floração? Corto a planta na base ou só colho os buds?
Obrigado desde já pela ajuda e parabéns pelo trabalho.
Att, DedoVerde”

Resposta:

Amigo, sinto te informar, mas não há buds na sua planta, pois ela é um macho. Plantas macho não produzem resina psicoativa, pois desenvolvem flores que têm apenas a função de soltar o polem, um pó minúsculo usado por plantas fêmeas na produção das sementes. Em outras palavras, machos não dão onda, não chapam. Sua planta está totalmente saudável e linda. Se fosse uma fêmea, certamente lhe daria buds muito resinados e gordos, mas infelizmente é um macho e não há nada que se possa fazer a não ser cortá-lo e começar tudo novamente, com outras sementes. Veja este artigo sobre sexualidade da cannabis.

Leitor 2:

Bom dia
Por favor estou precisando de umas instruções de alguem mais experiente, estou montando meu primeiro grow e estou sem muito dinheiro pra investir e gostaria de saber se com uma lampada fluorescente de 135w branca para vegetativo vai dar conta do recado estou mandando fotos do grow. As medidas são 120 de altura, por 38x40cm. Obrigado desde já.”

Resposta:

Prezado, sua caixa tem largura e profundidade suficientes para colher, mas é o mínimo do mínimo e, portanto, você terá que fazer o esforço de florir as plantas o mais rápido possível. Terá que estudar tudo sobre elas, como funciona o metabolismo das plantas, para poder não deixá-las crescer muito. Se for usar apenas fluorescentes é possível colher flores razoáveis, mas sabendo que jamais vão se comparar às colhidas com LED ou HPS. Se possível, para florir, acrescente mais lâmpadas fluorescentes de cor amarela, que são mais indicadas para a floração, mas mantenha os 135w de branca também. Lâmpadas fluorescentes não têm muito poder de penetração e, por isso, perdem potência depois de alguns centímetros. Por isso também você jamais deverá florir plantas muito grandes, pois a luz das fluorescentes jamais irá chegar até as partes posteriores de plantas altas. O ideal, portanto, é sempre florir plantas baixas, que não ultrapassem 60cm até o final da vida. Por isso, é possível nesse seu ambiente construir uma outra estufa para clones, desde que consiga separar bem os ambientes, sem vazar umidade ou luz para a estufa de floração. Sugiro que leia este artigo com dicas de como otimizar o cultivo indoor e este, sobre a importância da iluminação.

Leitor 3:

“Não sei se esse contato Eh pra isso mas de qualquer forma, comprei o material abaixo para a minha primeira de muitos cultivos, li bastante na internet mas na pratica não se encontra tudo e o vendedor como sempre sugeriu o material abaixo…se puderem ajudar….ou pelo menos os links com o assunto….vlw ae “

Resposta:

Existem infinitas receitas para solos e com muitas delas se obtém sucesso. Para preparar um solo adequado é importante 1) estudar sobre os substratos que serão utilizados e se eles são boas fontes de nutrientes. É preciso ver se eles têm pH adequado, se a disponibilidade dos nutrientes se dá de forma lenta, mediana ou rápida e se ele tem a tendência a compactar o solo ou não. Cada substrato tem suas próprias características e até mesmo substratos do mesmo tipo, com origens diferentes podem ter propriedades diferenciadas. Por exemplo, cada esterco de morcego tem uma características nutricional específica e serve para uma função, pois alguns contém mais Nitrogênio e Potássio, e e outros mais Fósforo. 2) é importante que o solo esteja aerado, com alta capacidade de reter oxigênio e favorecer o escoamento da água. Para isso pode ser usado pó de coco, vermiculita grossa, turfa ou perlita. O ideal é perlita, pois é de longe o substrato que cumpre melhor a função de aerar o solo, proporcionando um desenvolvimento excepcional às plantas. 3) Deve ser levado em consideração quanto tempo poderemos “descansar” o solo antes do uso, permitindo que os processos naturais ocorram após a interação dos diferentes substratos. Isso é um fator importante na logística do cultivo pois quanto mais rico em nutrientes com disponibilidade mediana e lenta, mais tempo o solo terá que “descansar” antes de ser usado, pois durante o processo ocorrem oscilações de pH e os nutrientes ainda não estão prontos para serem absorvidos pelas plantas. Quanto mais “leve” o solo, com poucos nutrientes e substratos com disponibilidade mais rápida, menos tempo é preciso esperar. Para quem precisa usar logo o solo recomendo usar algo em torno de 50 a 60% perlita, e o restante distribuir entre terra vegetal, pó de coco e húmus de minhoca, reservando sempre ao menos 20% para o húmus, pois é o que vai garantir algum nutriente ao solo, com algum Nitrogênio e um pouco de Fósforo e Potássio também, mas eles irão acabar logo. Pode colocar também 2 ou 3 colheres de farinha de osso e de calcário dolomítico, para acrescentar algum Fósforo extra e um pouco de Cálcio e Magnésio. Essa é uma receita bem “leve” e em pouco tempo a planta precisará que seja acrescentado nutriente na forma de fertirrigação, pois rapidamente o que ela precisa se esgotará do solo. Por isso é muito importante começar a estudar sobre alimentação das plantas, como funciona seu metabolismo e quais as melhores formas de alimentá-las. Sugiro que leia estes artigos sobre nutrição vegetal.

Espero que tenha ajudado a sanar as dúvidas desses e de outros leitores com dúvidas semelhantes. Um abraço e até semana que vem.



Uma resposta para “3 Dúvidas de Cultivo dos Leitores do Hempadão!”

  1. Magro disse:

    Quero 1 ou 3 sementes feminilizada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina